Política

Vereador confirma distribuição de cargos em Feira

[Vereador confirma distribuição de cargos em Feira ]
14 de Outubro de 2016 às 08:51 Por: Redação Bocão News 0comentários
 
O vereador de Feira de Santana, José Carneiro confirmou o prefeito José Ronaldo ofereceu cargos para os vereadores. “Não passa de 60, 70 pessoas”, afirmou o líder da Câmara Municipal em entrevista ao site Tribuna Feirense. O edil disse ainda que gostaria que o número de empregos ofertados fosse maior, o que refletiria diretamente nas urnas.  “Gostaria muito, porque aí minha votação sem dúvida seria mais expressiva”, completou.
 
Em outro momento, o vereador defende a qualificação dos indicados políticos. “Colocamos lá pessoas além de capacitadas para exercer a função, pessoas também que sem dúvida contribuíram com nosso mandato, com nossa eleição”. Carneiro reclama ainda da distribuição e diz que queria ter mais cargos. “Acho que 60, 70 indicações num município como Feira de Santana não está acima do limite, num volume alto. Muito pelo contrário, acho até que a quantidade ainda é pouca”, avalia.  “Nós que fazemos parte da base do governo, acho que merecemos sim ser contemplados com algumas indicações. Não vejo nada demais nisso”, justifica.
 
O edil conta ainda que seus cargos estão distribuídos em diversas áreas. “Eu tenho pessoas na secretaria de Saúde, eu tenho pessoas na Educação. E as funções são diversas. Dos serviços gerais a técnico de enfermagem, a enfermeira, a técnica de radiologia. São cargos técnicos a maioria, de pessoas capacitadas, que estão exercendo suas funções”, defende.
 
A distribuição de cargos foi motivo de queixa para o vereador David Neto, que perdeu o mandato na eleição do dia 2. De acordo com ele, a distribuição dos cargos pelo prefeito não teria sido igualitária. “O município tem mais ou menos 9 mil e poucos cargos. Mais ou menos 3 a 4 mil são concursados. O resto são cooperativas, cargos administrativos de alguns setores. Isso aí são distribuídos. Só que aí alguns vereadores são mais contemplados do que outros. É o pensamento do prefeito, não posso fazer nada. Ele é quem distribui e a gente fica naquela situação. Vim junto com o ex-prefeito Tarcízio Pimenta, tinha uns cargos, na transição de prefeito perdemos uns 30 cargos. E não foi repondo. Mas eu não me queixo. Quando tem que perder perde”, contou.
 
De acordo com Neto, alguns vereadores tem 30 cargos, outros, cerca de 300. “Não é só vereador Zé Carneiro que tem 300 não. Aqui tem o vereador Ronny, tem vários contemplados, que são cheios de cargos, Justiniano, todos eles. O que é que vamos fazer? As pessoas que o prefeito quer abençoar melhor que abençoe. O futuro, a Deus proverá”, disse.
 
Publicada no dia 13 de outubro de 2016, às 15h51
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas