Salvador

Familiares e amigos de jovem agredido no carnaval se deitam na rua em protesto

[Familiares e amigos de jovem agredido no carnaval se deitam na rua em protesto]
25 de Fevereiro de 2018 às 23:33 Por: Site G1/Bahia Por: Redação BNews 0comentários

Familiares e amigos do estudante de engenharia, Kaique Abreu, de 22 anos, que morreu após ser agredido sem motivo com um soco e chutes ao deixar um dos circuitos do carnaval de Salvador, fizeram um protesto emocionado na manhã deste domingo (25). Além de pedirem por justiça, os participantes também fizeram um ato de estímulo à doação de órgãos.

O protesto começou com um gesto simbólico. O grupo se deitou no chão da Rua Manoel Barreto, no bairro da Graça, onde o jovem foi vítima da agressão que resultou na morte cinco dias depois. Com faixas e cartazes, eles fizeram um minuto de silêncio seguido por orações.

Em seguida, os participantes iniciaram caminhada tendo como sentido o Farol da Barra, onde familiares e amigos da vítima se deram as mãos e fizeram novas orações. Todos os participantes usavam camisetas brancas. Faixas estimulando a doação de órgãos também foram usadas. 

Seis horas após a confirmação da morte cerebral de Kaique, o fígado dele foi transplantado para um dos pacientes que estava na fila para cirurgia. Em seguida, os dois rins, e depois as córneas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas