Salvador

Programa da prefeitura de Salvador oferece incentivos para atrair nômades digitais

Valter Pontes/Secom

Durante a solenidade, o prefeito destacou que a incidência da pandemia acelerou os processos para realização do trabalho de forma virtual

Publicado em 24/11/2021, às 17h55    Valter Pontes/Secom    Redação BNews

A nova classe de empreendedores e profissionais que trabalham totalmente on-line e sem um local ou escritório fixo já é uma realidade no mundo. Por conta da tecnologia, a cada dia surgem grupos que preferem trabalhar à distância e com liberdade para viajar: os chamados nômades digitais. 

Nesta quarta-feira (24), a prefeitura de Salvador lançou um programa pioneiro com objetivo de atrair esses profissionais concedendo benefícios em suas estadias temporárias na cidade. Denominado de Nômades Digitais, o programa foi apresentado pelo prefeito Bruno Reis, durante evento no Hotel Fiesta, no Itaigara, e contou com a presença do diretor de Inovação da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (Semit), Luís Gaban, dentre outras autoridades municipais.

Durante a solenidade, o prefeito destacou que a incidência da pandemia acelerou os processos para realização do trabalho de forma virtual, descentralizando as ações para o local onde o trabalhador ou empreendedor esteja. "O Nômade Digital chega antecipado pela ocorrência da pandemia, onde os profissionais possam, de qualquer lugar, realizar seu trabalho, contando com iniciativas e parcerias para que, a partir do retorno de sua remuneração, possam consumir produtos locais, frequentando nossos equipamentos culturais e investindo na economia da cidade", explicou, ressaltando que o programa é fruto de parceria com todos os setores envolvidos com a área de turismo.

A iniciativa oferecerá preços de hospedagem acessíveis, conexão wi-fi rápida e gratuita, espaços de trabalho em cafés e coworkings, acesso a parceiros de tecnologia, possibilidades de negócios e oportunidades de networking. O objetivo é estimular a economia da cidade, atraindo nômades digitais para Salvador e empresas inovadoras, além de promover a capital baiana, internacionalmente, como cidade inovadora.

Leia também:

Vereadores evangélicos fecham acordo para votar Plano Municipal de Cultura

Sérgio Moro quer aliança com notório apoiador de Bolsonaro

"Queremos, com apoio dos parceiros e do nosso sistema de inovação, atrair e incentivar empreendedores digitais para que possam vir trabalhar em Salvador, com toda a infraestrutura necessária para realizar seu trabalho. Hoje, 7,3 milhões de brasileiros trabalham remotamente, e queremos atrair esses nômades digitais de empresas inovadoras, e promover Salvador como cidade inovadora. Hoje Salvador está entre a sexta e a sétima posição no ranking nacional de nômades digitais", destaca Gaban.

Os empreendedores que se interessarem em atuar e permanecer em Salvador pelo período de 15 dias, extensível a quatro anos, podem acessar o site http://digitalnomads.salvador.ba.gov.br para trabalhar e conhecer o mercado de tecnologia virtual da capital baiana.

Ranking

Segundo informações do site Nomad List, principal portal sobre nomadismo digital, estima-se que até 2035 exista 1 bilhão de nômades digitais no mundo. Dados da Pnad Covid, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontaram que em novembro de 2020 havia 7,3 milhões de brasileiros trabalhando remotamente.

Para aproveitar esta tendência, diversos países ao redor do mundo estão lançando programas para atrair Nômades Digitais, não só para movimentar o turismo da cidade, mas principalmente para atrair empresas inovadores para seus ecossistemas.

O site Nomad List reúne as melhores cidades do mundo para se trabalhar, viver e aproveitar. Os dados são gerados por usuários cadastrados no site e nele é possível obter informações como o custo de vida mensal, qualidade da internet, disponibilidade de cafés e coworkings, qualidade de vida, segurança e vida noturna, entre outros itens.

Classificação Indicativa: Livre