Salvador

Rodoviários e patrões entram em acordo e greve do transporte público é cancelada em Salvador

Reprodução | Redes Sociais
TRT fez contraproposta e as partes aceitaram reajuste salarial e no ticket de 4%  |   Bnews - Divulgação Reprodução | Redes Sociais
Alex Torres

por Alex Torres

[email protected]

Publicado em 28/05/2024, às 19h13 - Atualizado às 19h45



Acabou a novela! Após diversas rodadas de negociações, que envolveram inúmeros impasses, enfim, o sindicato dos rodoviários e o setor dos empresários entraram em um acordo. Com isso, a greve geral do transporte público, que estava prevista para ter início nesta quarta-feira (29), está cancelada.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

Na última segunda-feira (28), após funcionários e patrões não chegarem a um acordo, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) fez uma contraproposta de 4% de reajuste salarial e 5% de aumento no ticket alimentação, entre outras questões. A oferta foi levada e debatida separadamente pelas duas partes.

Já nesta terça, pela manhã, quase todos os pontos foram aprovados pelo sindicato e os representantes dos empresários, com exceção do ticket, que sofreu uma pequena redução de 5% para 4%.

Posteriormente, em assembleia realizada nesta tarde, os rodoviários de Salvador aprovaram de forma unânime o novo acordo. Dessa forma, a proposta confirmada na reunião foi: 

- Reajuste de 4% de aumento de salários e ticket alimentação
- Compensação de horas feita pelo prazo de 6 meses de forma opcional para aqueles trabalhadores que optarem pela compensação. Os que não escolherem pela compensação receberão suas horas extras trabalhadas no mês seguinte.
- Manicures custeadas pelas empresas ao Sindicato
- Aplicativo para acompanhar de forma transparente a contabilização das horas extras.
- As empresas se comprometem a entregar o Vale Transporte com integração ao metrô, conforme a lei. Ao escolher esse modelo de transporte, o trabalhador abre mão do seu cartão de gratuidade.
- As empresas se comprometeram realizar um estudo para a viabilidade da utilização de bermuda para os trabalhadores durante o período de verão, conforme o projeto de Lei de n°9.668/2023.
- Manutenção das cláusulas da Convenção Coletiva do Trabalho

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp