Salvador

"Teria melhores soluções de trânsito, impacto urbano, infraestrutura", diz o diretor da Central do Carnaval sobre mudança de circuito

Divulgação // Max Haack // Prefeitura de Salvador

O sócio-diretor da Central do Carnaval, Joaquim Nery Filho, demonstra simpatizar com a ideia de um terceiro circuito

Publicado em 07/06/2022, às 17h12 - Atualizado às 17h13    Divulgação // Max Haack // Prefeitura de Salvador    Redação Bnews

Enquanto a especulação é de que a decisão sobre a ida do Carnaval da Barra para a faixa da orla na região do Centro de Convenções já foi tomada, alguns segmentos da sociedade já se manifestaram. A Associação de Moradores e Amigos da Barra (Amabarra) se mostrou a favor da medida, que vem sendo pleiteada desde 2017.

Desta vez, o sócio-diretor da Central do Carnaval, Joaquim Nery Filho, demonstrou simpatizar com a ideia de um terceiro circuito da folia momesca. De acordo com Nery, há alguns anos o trade do carnaval tem discutido a necessidade de desobstruir o Circuito da Barra:

“Já há alguns anos o trade do Carnaval tem discutido bastante sobre a necessidade de se criar um terceiro circuito para que possamos desobstruir o circuito da Barra, que tem ficado inviabilizado nos últimos anos em função do grande fluxo de pessoas nas ruas.

O circuito na orla sempre foi uma alternativa desejada pelo trade do carnaval quando era discutido a criação de um terceiro circuito, já tendo sido experimentado em momentos anteriores. Teria melhores soluções de trânsito, impacto urbano, infraestrutura, além de suportar por mais tempo um crescimento da população de Salvador e de foliões no Carnaval.

Precisamos, porém, ampliar essa discussão para toda a comunidade carnavalesca, foliões, blocos de todos os tipos, artistas, trade turístico, Prefeitura de Salvador, Governo do Estado, Polícia Militar, serviços de trânsito, Secretarias de Saúde, etc.

Já iniciamos essa discussão tentando esclarecer como seria feita essa mudança que por enquanto está em fase de estudos. Quais as vantagens e desvantagens, ouvir todos os “atores” envolvidos, com um único objetivo. Fazer em 2023 o maior e melhor carnaval que já houve em Salvador. ”, finaliza Nery.

A possibilidade de mudança do Circuito Barra-Ondina, marca do Carnaval de Salvador, de fato existe. E o prefeito da cidade, Bruno Reis (União Brasil) foi mais um a confirmar a possibilidade.

Leia mais:Carnaval na Boca do Rio? Bruno Reis afirma que há possibilidade; saiba mais

Bruno Reis afirmou na manhã desta terça-feira (7) que a prefeitura vai realizar uma grande intervenção viária, que inicia na Boca do Rio, passa por Pituaçu e vai até Piatã. Sabendo disso, o Conselho do Carnaval ficou de apresentar um projeto ao órgão para viabilizar a mudança.

"O Conselho do Carnaval, provocado por um grupo de empresários do Carnaval, ficou de apresentar um projeto à prefeitura pra somente o circuito Barra-Ondina, os demais permaneceriam da mesma forma que estão no Carnaval até então, para a prefeitura avaliar a possibilidade de transferência", disse Bruno Reis.

O comandante geral da PM-BA, coronel Coutinho, também se mostrou favorável da mudança: "Entendo que mudança dessa natureza tem que ter uma boa discussão ouvindo todos os segmentos. Em outra época falou-se em ir também para Paralela. A Barra há muito tem demonstrado que está saturada para determinados eventos. O público [fica] comprimido. Como Avenida Sete também. Uma área com mais largura inibiria até as brigas típicas dessas festas. Porém, muitos fatores e interesses interferirão para uma mudança dessa", disse.

Leia também:Comando geral da PM fala sobre as mudanças no carnaval: “A Barra está saturada para determinados eventos”

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre