Saúde

Absurdo: há quase 24h, mulher ainda continua com bebê morto na barriga

Imagem Absurdo: há quase 24h, mulher ainda continua com bebê morto na barriga

Após matéria do Bocão News, Naiane conseguiu atendimento, mas cirurgia nada

Publicado em 02/06/2013, às 10h19        Caroline Gois (twitter: @goiscarol)

O caso de Naianne de Jesus dos Santos, de 24 anos, choca a pacientes que estão sendo atendidos na maternidade José Maria de Magalhães Netto, em Pau Miúdo, e acompanham o sofrimento da jovem que - além de perder o filho com cinco meses de gestação, ainda aguarda para que o feto seja retirado - sob risco de infecção que pode levar à morte.



"Deram um remédio a ela e a internaram depois que o Bocão News apareceu, mas não tiraram o bebê. Disseram que o remédio era pra expulsar a criança, mas até agora nada. Ela está sofrendo muito, com muita dor", contou a irmã de Naiane, Desiane Jesus dos Santos, em conversa com o repórter Tony Silva, que acompanha o caso direto da maternidade.

Na manhã deste sábado (1º), a própria Naiane ligou para a redação e implorou ajuda. "Vocês precisam vir aqui. Até agora não tiraram meu bebê. Preciso de ajuda".



A jovem está tentando resolver o problema desde a quinta-feira (30) e, somente na sexta-feira (31), conseguiu ser internada, após o caso ser publicado no site. Mas, antes de recorrer ao Bocão News, Naiane precisou esperar 17h para receber o atendimento.

A reportagem do Bocão News, que está na maternidade, aguarda a presença de um responsável para explicar a situação de Naiane. 
Segundo a recepção do hospital, o médico responsável pelo caso de Naiane - cujo nome não foi revelado, está no Centro Obstétrico em atendimento e não pode falar com a imprensa. O Bocão News continua no aguardo.

Com informações do repórter Tony Silva

Classificação Indicativa: Livre