Saúde

Samu em greve: reunião entre sindicato e secretaria pode pôr fim ao movimento

Imagem  Samu em greve: reunião entre sindicato e secretaria pode pôr fim ao movimento

Paralisação já dura mais de quinze dias

Publicado em 03/06/2013, às 14h04        Redação Bocão News (@bocaonews)

Os médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), representantes do Sindimed, o secretário de Saúde José Antônio Rodrigues Alves e o secretário de Gestão Alexandre Pauperio, se reuniram, na manhã desta segunda-feira (3), em audiência na sede do Ministério Público do Estado da Bahia para tentar negociar o fim da greve, que já dura mais de quinze dias. A audiência foi mediada pela promotora de Justiça Maria Pillar.

O secretário de Gestão Alexandre Pauperio falou das dificuldades do Município em manter as finanças municipais equilibradas, já os médicos SAMU destacaram as dificuldades do serviço, as peculiaridades e as perdas históricas da categoria, insistindo no percentual de 200%, sendo 100% de aumento da gratificação em julho e outros 100% em janeiro.



A diretora do Sindimed Débora Angeli, com o apoio dos médicos presentes, fez uma nova proposta de aumentar a gratificação em 150% sobre o salário-base da categoria de imediato, sugerindo ainda que seja realizada uma negociação de gratificação escalonada através de PCCV a ser discutido coma a categoria, inclusive mediante realizações de concursos públicos.

Em resposta, o secretário Alexandre Paupério informou que será feita a análise desta nova proposta, comprometendo-se em divulgar a posição da Prefeitura em 24 horas.

Também participaram da mesa de conciliação advogado do COREN, Fabrício Bastos de Oliveira; o promotor de Justiça e coordenador do CESAU, Rogério Queiroz; representando os médicos do Samu, estiveram presentes a diretora do Sindimed, Maria do Socorro Tanure, o médico do Samu, Reinaldo Santos Leal, a advogada do Sindimed, Claudia Bezerra, Ticiana Monte Alegre, representando a OAB e Maria do Socorro Mendonça, coordenadora de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde.


Classificação Indicativa: Livre