Coronavírus

Além de transferir pacientes de Covid-19 para outros estados, Manaus decreta toque de recolher

[Além de transferir pacientes de Covid-19 para outros estados, Manaus decreta toque de recolher]
14 de Janeiro de 2021 às 17:22 Por: Marcello Casal Jr/Agência Brasi Por: Redação Bnews

A baixa oferta e a grande demanda por oxigênio nos hospitais com leitos de atendimento da Covid-19 em Manaus, vai obrigar o estado do Amazonas a transferir pacientes infectados para outros estados, além de decretar toque de recolher das 19h até às 6h para prevenir mais contaminações. As medidas foram anunciadas pelo governador Wilson Lima (PSC) nesta quinta-feira (14).

Os pacientes que serão transferidos estão em estado clínico considerado moderado, portanto, que suportam fazer uma viagem de avião. O primeiro estado a receber pessoas que necessitam de oxigênio será Goiás que ofereceu leitos para os amazonenses em duas unidades de tratamento. Piauí, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e Distrito Federal também vão disponibilizar leitos equipados.
 
A escolha dos estados foi feito, segundo o governador, com base em critérios "clínicos e objetivos" de modo que não sobrecarregue os sistemas de saúde das federações. A escolta dos pacientes será feita pelo Ministério da Defesa, e o retorno ao Amazonas deve ser feito em aeronaves da Gol. A autoridade disse que o estado está passando por uma "operação de guerra"
 
"O paciente do Amazonas que subir na aeronave terá toda a segurança e assistência, com cobertura de assistentes psicossociais, para que não haja falha nenhuma. Todos [os profissionais] voltados para o paciente, para que ele chegue no destino com toda segurança e acolhimento que nosso doente tem que ter", explicou o secretário durante coletiva.
 
"O estado do Amazonas, que é referência para o mundo, todo mundo volta seus olhares para cá quando há um problema relacionado à preservação do meio ambiente, está clamando, está pedindo socorro. [Com] Uma floresta que produz uma quantidade significativa de oxigênio... Hoje o nosso povo está precisando desse oxigênio.", completou.

Matérias relacionadas:

Bahia registra 4.113 novos casos de covid-19 nas últimas 24h

Anvisa cobra dados do Butantan e da Fiocruz e diz que atraso compromete análise emergencial de vacinas

Cartórios da Bahia apontam aumento de 34% nos óbitos por causas respiratórias em 2020

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar