Saúde

Enfermeira morre após contrair hepatite através de chá emagrecedor

Reprodução Record Tv

A família não sabe dizer por quanto tempo ela tomou a medicação

Publicado em 04/02/2022, às 19h10    Reprodução Record Tv    Redação Bnews

Uma enfermeira de 42 anos, morreu em São Paulo por complicações no fígado após fazer uso continuo de um composto emagrecedor que prometia conter 50 ervas  na fórmula.

Leia mais: 

Edmara Silva, desenvolveu  hepatite e precisou passar por um transplante de fígado, mas o corpo rejeitou o órgão. Ela então não resistiu às complicações após 11 dias internada na Unidade de Terapia Intensiva

Segundo informações da o medicamento era proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), mas ainda assim é encontrado em cápsulas e comercializado livremente pela internet.

Leia também: 

Bahia atinge maior quantidade de casos ativos de Covid-19

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre