Serviços

Advogada alerta que mesmo com greve, segurado deve comparecer ao INSS se tiver atendimento agendado; entenda

Divulgação

A advogada especialista em direito previdenciário Fernanda Mangabeira deu entrevista sobre o assunto ao BNews Agora

Publicado em 27/04/2022, às 22h58    Divulgação    Redação

A greve dos servidores e médicos do INSS acaba de completar um mês e tem trazido dores de cabeça para quem precisa passar por perícia para adquirir ou manter alguém benefício. Esse público tem, por vezes, deixado de comparecer a agência por já saber que não será atendido, mesmo tendo uma data agenda. Segundo a advogada especialista em direito previdenciário, Fernanda Mangabeira, esse não é o melhor caminho a ser tomado.

Leia mais:

“Não são todas as agências que estão sem funcionar e não são todas as agências que não realizam perícia. Por isso, na data programada, é importante que se compareça na agência. Se não tiver realizando o atendimento, já solicite um reagendamento no local. Se tiver fechada, tire foto e registre, e, em seguida, agende pelos canais remotos, seja pelo 135 ou pelo portal e aplicativo Meu INSS”, orienta a advogada.

Ainda segundo a especialista, que concedeu entrevista ao programa BNews Agora, na Piatã FM, nesta quarta-feira (27), essa é uma atitude necessária para que o benefício seja mantido desde a data que foi cessado e não cause prejuízos financeiros para o segurado.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre