Coronavírus

Ferreira Costa é interditada por gerar aglomeração e descumprir protocolo

Divulgação

O estabelecimento estava autorizado a funcionar porque se enquadrava em atividade essencial

Publicado em 19/07/2020, às 14h46    Divulgação    Redação BNews

A loja da Ferreira Costa foi interditada na manhã deste domingo (19) por ter descumprido o protocolo colocado pela prefeitura de Salvador. De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Sérgio Guanabara, havia aglomeração de pessoas no salão de vendas e descumprimento ao percentual de 50% do número de vagas de estacionamento.

O estabelecimento estava autorizado a funcionar porque se enquadrava em atividade essencial. No entanto, deveria seguir os protocolos gerais e específicos estabelecidos pela prefeitura. A ação dos fiscais da Sedur teve apoio da Polícia Militar.

“Essa foi mais uma ação rotineira de fiscalização de protocolos de funcionamento, mas o estabelecimento estava infringindo algumas regras determinadas pelo município. Estamos vivendo um momento delicado e precisamos tomar todo o cuidado necessário. A loja que não se adequar não vai poder funcionar em Salvador”, explicou Sérgio Guanabara.

Matéria relacionada:

Leitores denunciam aglomeração em loja de materiais de construção; Sedur diz que não há irregularidade

Classificação Indicativa: Livre