Coronavírus

Após decisão do STF, Bruno Reis anuncia que “está articulando para viabilizar compra das vacinas”

Arquivo BNews

Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 6 X 0, nesta terça-feira (23), autorizar que estados e municípios comprem e distribuam vacinas contra a Covid-19

Publicado em 23/02/2021, às 19h39    Arquivo BNews    Redação BNews

O prefeito Bruno Reis (DEM) anunciou que  está articulando para viabilizar a compra das vacinas contra o coronavírus, após a decisão do STF que autorizou estados e municípios a comprarem os imunizantes sem a dependência do governo federal. 

“A partir da autorização do STF para a compra das vacinas por Estados e Municípios, já estou articulando para viabilizar a compra direta dos imunizantes. Isso é importante para acelerar a distribuição ao público prioritário e viabilizar a inclusão dos profissionais da educação”, disse, na noite desta terça, através do Twitter.

A decisão do Supremo Tribunal Federal também permite que outras agências possam aprovar as vacinas e não só a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa ). O julgamento oficializa a tese que as vacinas compradas pelos governos locais precisam ter sido aprovadas, em prazo de 72 horas, pela Anvisa, caso o prazo não seja cumprido, a importação pode ser liberada se houver registro nas agências reguladoras da Europa, dos Estados Unidos, do Japão ou da China.

Veja:

Classificação Indicativa: Livre