Coronavírus

Áustria decreta lockdown e anuncia vacinação obrigatória contra a Covid-19

Reprodução/Twitter

Publicado em 19/11/2021, às 08h45    Reprodução/Twitter    Redação BNews

Diante de uma nova onda de Covid-19, a Áustria decretou lockdown em todo o país e determinou que a partir de 1° de fevereiro a vacinação contra a doença será obrigatória. 

O país é o primeiro da Europa a adotar novamente medidas de restrição para evitar a disseminação do novo coronavírus, desde o fim do verão no continente.

A estimativa é que o lockdown dure inicialmente dez dias, com previsão máxima de 20 dias, de acordo com o chanceler da Áustria, Alexander Schallenberg.

"Ninguém quer um lockdown, um lockdown é um último recurso, um instrumento agressivo, é sempre uma imposição, mas é o instrumento mais confiável que temos para impedir essa quarta onda", disse o ministro da saúde, Wolfgang Mückstein.

Desde a semana passada, o governo local já tinha determinado o confinamento para não vacinados, com aplicação de multa para quem fosse encontrado na rua, exceto para fazer compras, praticar esportes e receber atendimento médico.

Com 66% da população vacinada, a Áustria tem índice de imunização menor do que a média da Europa, mesmo já tendo adotado o passaporte vacinal no início do ano.

As medidas, segundo o G1, já causaram efeito, com aumento de pessoas buscando marcar a vacinação. Contudo, os casos continuam a crescer. Nas últimas 24 horas, 15 mil novos casos foram registrados no país.

Vivendo problema semelhante, outros países como Suécia, Alemanha e Grécia também podem endurecer as medidas restritivas nas próximas semanas.

Classificação Indicativa: Livre