Justiça

CNJ realiza audiência pública sobre rompimento de barragem em Mariana na próxima sexta (10)

Reprodução/Léo Rodrigues/ Agência Brasil

O órgão busca ampliar o conhecimento sobre os impactos do rompimento da barragem, cujas informações subsidiarão seu Observatório Nacional sobre Questões Ambientais, Econômicas e Sociais de Alta Complexidade e Grande Impacto e Repercussão

Publicado em 04/09/2021, às 16h45    Reprodução/Léo Rodrigues/ Agência Brasil    Redação BNews

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará a 1ª Audiência Pública para oitiva das pessoas atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais, na próxima sexta-feira (10), das 9h às 18h.

Realizada por meio do Observatório Nacional sobre Questões Ambientais, Econômicas e Sociais de Alta Complexidade e Grande Impacto e Repercussão do CNJ, o procedimento tem por objetivo ouvir pessoas atingidas, especialistas e autoridades envolvidas no episódio ocorrido em novembro de 2015.

O órgão busca ampliar o conhecimento sobre os impactos do rompimento da barragem, cujas informações subsidiarão o Observatório e as partes envolvidas no processo de mediação e repactuação. A audiência será transmitida pelo canal do CNJ no YouTube.

Outras duas oitivas semelhantes estão agendadas para acontecer em 6 de outubro e 1º de dezembro de 2021. 

Notícia Relacionada

Tragédia de Mariana pode ter novo acordo inspirado no de Brumadinho

Classificação Indicativa: Livre