Justiça

Beijing Motos é investigada por propaganda enganosa

Imagem Beijing Motos é investigada por propaganda enganosa

Ao Bocão News, a concessionária de Dias D’ávila negou conhecimento do caso

Publicado em 22/01/2013, às 07h34        Redação BNews

O Procon-BA, órgão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), e a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon) investigam denúncias de propaganda enganosa sobre produtos e serviços oferecidos pela concessionária Beijing Motos, que funciona na cidade de Dias D’ávila, região metropolitana de Salvador. Segundo a SJCDH, as denúncias são relacionadas às motocicletas da marca Shineray, que segundo os denunciantes, em menos de dois meses de uso começaram a apresentar problemas.
Ainda de acordo com a Secretaria, o "primeiro ponto observado, pelos fiscais e agentes policiais, foi que o produto estava com valores divergentes. Enquanto na nota fiscal o preço da moto era de R$ 5.100, no recibo de pagamento constava uma quantia de R$ 1.500 a mais. Como o produto começou a apresentar pane elétrica e problemas com a bateria, ainda no prazo de garantia, os consumidores solicitaram a reparação da moto, o que não foi concedido pela concessionária".
A assessoria da SJCDH relata ainda que o fornecedor alegou que, os problemas informados pelos consumidores, não eram cobertos pela garantia. A superintendente Gracieli Leal, informou que os contratos foram recolhidos para serem analisados pelo Procon-BA, que emitirá auto de infração ao estabelecimento, caso seja comprova irregularidades.
Agentes da Decon constataram durante vistoria à oficina que fazem revisões das motocicletas que o estabelecimento não tinha documentos que autorizassem o funcionamento da oficina, que funciona na residência do dono da concessionária Beijing Motos, de maneira precária e improvisada. "Devido à ausência de documentação, o estabelecimento não estava carimbando os formulários de revisões, deixando os consumidores sem as provas de que as mesmas estavam sendo feitas no período correto", informa a nota.
Em contato com a unidade da Beijing Motos, a reportagem do Bocão News foi informada pelo gerente que eles desconhecem as denúncias e que não foram oficialmente informados sobre o caso. O delegado titular da Decon, Oscar Vieira, instaurou um inquérito policial para apurar as denúncias. Nesta segunda-feira (21), serão ouvidos os dois consumidores que fizeram a denúncia e os responsáveis pela concessionária. 

Postada às 12h42 do dia 21 de janeiro

Classificação Indicativa: Livre