Justiça

Gabriel Monteiro vira réu após filmar sexo com adolescente

Reprodução/Instagram

Vítima conheceu Gabriel numa academia do condomínio onde o vereador mora

Publicado em 18/05/2022, às 10h00    Reprodução/Instagram    Redação

O vereador do Rio de Janeiro Gabriel Monteiro (PL) virou réu após a Justiça aceitar denúncia feita em abril pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, após o parlamentar filmar relação sexual que manteve com uma adolescente. 

O juiz em exercício do VII Juizado da Violência Doméstica, Marcelo Almeida de Moraes, determinou, no início de maio, o prazo de dez dias para Monteiro apresentar defesa, indicar testemunhas e provas. "Presentes os pressupostos legais autorizadores do exercício do direito de ação penal, recebo a denúncia", escreveu o juiz. 

De acordo com a 1ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial da área Zona Sul e Barra da Tijuca a vítima conheceu Gabriel numa academia do condomínio onde o vereador mora

Monteiro é acusado de quebra de decoro parlamentar, pela prática de supostos estupros e episódios de assédio sexual e moral, além de manipulação de vídeos e infração a direitos de uma criança que foi protagonista de um vídeo gravado por ele. 

Leia Mais:

Câmara do Rio abre processo de cassação do mandato de Gabriel Monteiro

Justiça determina que Twitter retire do ar vídeo em que vereador faz sexo com jovem de 15 anos

Adolescente gravada em vídeo íntimo com Gabriel Monteiro queria terminar a relação, mas não conseguia

Após caso ter sido exibido no Fantástico,  o vereador afirmou que não sabia que a menina com quem teve relações sexuais tinha 15 anos, e negou ter sido o responsável pelo vazamento do vídeo. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre