Eleições / Eleições 2022

Lula descarta participação de Dilma, Genoíno e Dirceu; entenda o motivo

Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação

Lula deu declaração durante entrevista a rádio em Minas Gerais

Publicado em 25/03/2022, às 08h36 - Atualizado às 08h38    Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação    Vinícius Dias

Ex-presidente e pré-candidato ao cargo nas próximas eleições, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) descartou a possibilidade das chamadas "figuras históricas" do partido participarem de um eventual terceiro governo. Essas figuras são nomes como a ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), seu ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, e o ex-presidente da legenda, José Genoíno.

Segundo Lula, nenhum dos três nomes aceitaria participar de ministérios num novo governo e declarou que pretende colocar "muita gente nova" ao seu lado, caso saia vencedor.

"Não tem sentido uma ex-presidente da República trabalhar de auxiliar em outro governo. A Dilma tem uma competência técnica extraordinária, mas tem muita gente nova que nós vamos colocar. Essas pessoas que têm experiência podem em ajudar com palpite, conversando", afirmou Lula em entrevista à rádio Super Notícia, de Minas Gerais, durante a manhã da última quinta-feira (24).

Lula lidera todas as pesquisas de intenção de voto divulgadas desde o último ano e as projeções apontam que ele tem, inclusive, possibilidade de superar o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), logo no primeiro turno. 

Leia mais:Datafolha aponta vantagem de Lula sobre Bolsonaro no primeiro turno; veja números
Bolsonaro cresce com ações 'pró-pobre'; Veja números
Bolsonaro e Lula disputam evangélicos. Confira pesquisa

O estudo mais recente foi publicado pelo instituto Datafolha, durante a última quinta-feira (24). Clique aqui e veja os números da pesquisa.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre