Eleições / Eleições 2022

Vídeo: "Prioridade absoluta é tirar Bolsonaro e eleger Lula", afirma José Dirceu

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ex-ministro no governo Lula, José Dirceu, falou sobre cenário eleitoral e alianças em entrevista

Publicado em 22/06/2022, às 20h11    Marcelo Camargo/Agência Brasil    Redação BNews

O ex-ministro da Casa Civil em parte do primeiro governo Lula (PT), José Dirceu, afirmou que a prioridade, para as eleições presidenciais deste ano, é tirar o atual mandatário, Jair Bolsonaro (PL), e eleger o petista.

“Na verdade, nessa eleição, a prioridade absoluta é tirar Bolsonaro e eleger Lula. Isso acabou guiando a política de alianças nos Estados para os governos”, afirmou Dirceu, em entrevista ao portal Opera Mundi, ao comentar a situação de candidatos do PT ao Congresso e aos governos estaduais.

Apesar disso, ele afirmou que não se pode “ter a ilusão” de que, se eleito novamente para a Presidência, o petista adotará um programa de esquerda. A coalizão partidária e as diretrizes programáticas da campanha apontam para um futuro governo de centro.

“Vamos lembrar que o MDB do Nordeste praticamente apoia o Lula. Que o PSD, parcela importante, tende a apoiar o Lula. Que é possível que uma parte do PSDB apoie o governo (Lula) em um primeiro momento", disse.

"O que vai se constituir na verdade, e a coligação de sete partidos e a proposta de diretrizes de governo apresentada expressa, (é) uma aliança mais ampla que a esquerda, mais ampla que a centro-esquerda. Nós temos que entender essa realidade. Não vamos nos iludir que nós estamos elegendo o Lula para fazer um governo, um programa do PT ou de esquerda”, completou.

Ao falar acerca da disputa deste ano, Dirceu afirmou que as diretrizes programáticas divulgadas nesta semana pela campanha petista são um “pacto histórico” entre os partidos da coligação, estão “de bom tamanho” para a fase atual da campanha e são um aceno a setores de centro.

Com relação à economia, o ex-ministro defendeu a ideia de taxar as exportações brasileiras de petróleo, um debate que tem sido ventilado no Congresso pelo presidente da Câmara e aliado de Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL).

Ex-ministro da Casa Civil no primeiro governo Lula, Dirceu tem conversado com empresários e políticos de diferentes espectros sobre a campanha do petista, segundo o Estadão. Publicamente, no entanto, está fora da articulação da campanha.

Assista: 

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre