Eleições

Para evitar aglomerações, Neto pede a apoiadores que não o acompanhem durante votação

Vagner Souza / BNews

"A gente tem que evitar ao máximo qualquer tipo de aglomeração", explicou o democrata neste sábado (14)

Publicado em 14/11/2020, às 11h24    Vagner Souza / BNews    Brenda Viana e Marcos Maia

O prefeito ACM Neto (DEM) fez um apelo à apoiadores e correligionários que tradicionalmente o acompanham no momento de votar nas eleições: "Fiquem em casa". O presidente nacional do Democratas reiterou que aglomerações devem ser evitadas neste ano em razão da pandemia da Covid-19.

O gestor realizou na manhã deste sábado (14) a entrega da segunda etapa das obras na orla de Amaralina. Na ocasião, Neto também disse que votará ao meio-dia neste domingo (15). O colégio eleitoral do democrata fica na Faculdade de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA), no Vale do Canela.

Neste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ampliou o horário de votação em uma hora, das 7h às 17h. Contudo, existe a recomendação para que eleitores acima de 60 anos, com deficiência ou mobilidade reduzida votem preferencialmente entre 7h e 10h.

"Como tenho menos que 60 anos - bem menos (risos) -, a gente vai votar a partir das 10h. Vou primeiro votar com Mariana [Mariana Barreto, sua namorada]. Depois, vou acompanhar a votação de Bruno Reis [candidato a prefeito pelo DEM], às 11h", disse a reportagem do BNews.

Neto reforçou o pedido direcionado aos apoiadores e correligionários que gostam de acompanhá-lo no momento da votação para que, por favor, fiquem em casa. "A gente tem que evitar ao máximo qualquer tipo de aglomeração. A gente vai tentar, não sei se vai conseguir. Mas vamos tentar", avaliou. 

A intenção é que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, para evitar aglomerações, apenas ele, Reis e a vice na chapa, Ana Paula Matos (PDT) - bem como seus respectivos familiares -, participem deste momento. 

Além da máscara, a Justiça Eleitoral orienta que, se possível, cada eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação - além da já tradicional cola eleitoral, com os nomes e números dos candidatos, tornando assim a votação mais rápida.

O prefeito também voltou a evitar o clima de "já ganhou", reafirmando que o resultado as eleições só está dado após a apuração das urnas. 

Pesquisa RealTime/CNN Brasil divulgada na última sexta-feira (13), aponta que o atual vice-prefeito aparece no levantamento estimulado - quando os nomes dos candidatos é apresentado aos participantes - com 56% das intenções de voto. A pesquisa está registrada no TSE sob o número BA-08555/2020. 

"Tenho dito às pessoas o quanto é fundamental votar. Vamos votar! No caso dos nossos simpatizantes tenho dito também que não há nada ganho. Só se ganha a eleição após a eleição. É importante que todos votem, mas com cuidado, para evitar ao máximo as aglomerações", concluiu.

Classificação Indicativa: Livre