Entretenimento

Mulher filmada em cena de sexo durante show de Henrique e Juliano faz revelação bombástica sobre o ocorrido; confira

Imagem: Divulgação

As imagens viralizaram na web após um show da dupla em Goiânia

Publicado em 22/06/2022, às 15h16    Imagem: Divulgação    Redação Bnews

Um show realizado pela dupla Henrique e Juliano, no último dia 5, em Goiás, rendeu diversos vídeos inusitados que viralizaram na web. Dentre eles, uma filmagem que vem dando muita dor de cabeça para a cabeleireira Géssica Gomes dos Santos. A moça aparece protagonizando uma cena de sexo no evento.

Em entrevista ao G1, ela afirmou que acabou sendo estuprada e não se lembra de quase nada. “Eu lembro de estar bebendo cerveja, depois de uma luz no meu rosto e de falar ‘apaga a luz’, mas não tinha noção do que estava acontecendo, muito menos de que tinha alguém filmando. […] Minha vida não é mais a mesma depois dessa exposição toda. Eu quero expor a minha versão”, disse.

Leia também:
• Gabi Martins cansa de esperar reconciliação com Tierry e toma medida radical
• Irandhir Santos sofre grave acidente e é afastado das gravações de 'Pantanal'; saiba detalhes
• Namorada de Whindersson Nunes enfrenta problema na Justiça; entenda

Géssica ainda comentou sobre os boatos de que ela e o marido teriam gravado a cena, pois ganhariam uma garrafa de uísque em troca de sexo. “Eu jamais faria uma coisa dessas, nem uísque eu bebo. Meu marido também nunca deixaria isso acontecer. Quem filmou e enviou o vídeo também divulgou meus perfis nas redes sociais e meu número”, afirmou.

A cabeleireira também revelou que a filmagem tem afetado seu trabalho e a vida de sua família, além de que ela vem recebendo diversas mensagens ofensivas nas redes sociais, de pessoas julgando e criticando o incidente. Ao procurar o 1º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, ela acabou não sendo bem atendida.

“O homem que me recebeu disse que não valia a pena registrar, que logo as pessoas iam esquecer, que eu ia acabar me expondo mais, então voltei para casa. Mas a situação só piorava, cada dia mais gente publicava esse vídeo, então [na segunda-feira, dia 13 de junho] fui à Delegacia da Mulher”, contou.

“Fiquei horas lá esperando para ser atendida, até que me falaram que a delegada que ia me ouvir teve que ir embora, pegaram meu telefone, falaram que iam me ligar, mas não recebi retorno deles”, completou.

Indignada com toda a situação, a cabeleireira afirmou que não aguenta mais. “Ninguém veio me perguntar se era verdade o que estavam dizendo sobre mim. Todo mundo me julgando, não aguento mais essas piadinhas, está afetando demais a mim, minha família, meu serviço. Espero que seja feita justiça, que esse povo que está me difamando pague”, finalizou.

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre