Esporte

Protesto contra Marin em treino é censurado

Imagem Protesto contra Marin em treino é censurado

Fim de treino da seleção na Gávea tem manifestação contra presidente da CBF

Publicado em 31/05/2013, às 21h06        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Luiz Felipe Scolari já havia substituído grande parte dos jogadores no treinamento coletivo da seleção brasileira na Gávea quando gritos da arquibancada chamaram atenção. Não eram, como de costume, as fãs histéricas de Neymar, mas, sim, cantos de protesto contra o presidente da CBF e do Comitê Organizador Local (COL), José Maria Marin. 
O grupo era do movimento conhecido como Frente Nacional de Torcedores. Cerca de dez deles estenderam uma faixa verde com os dizeres "Fora, Marin!" e passaram a gritar.
"Fora, Marin! Fora, Marin!"
Alguns jogadores chegaram a olhar para a arquibancada com a gritaria, assim como outras pessoas presentes no local. Os gritos, então, se intesificaram em duas novas versões.
"Sai, sai, canalha! Nós vamos tirar o Zé da Medalha!"
"Ô, Marin torturador!".
Diante do claro incômodo, os seguranças do Flamengo foram acionados e se dirigiram à arquibancada. Rapidamente, os torcedores que participavam do protesto forma obrigados a enrolar a faixa e convidados a se retirar do local.  
 O presidente da CBF, José Maria Marin, sofre pressão no cargo desde que passaram a ser divulgados vídeos em que ele, então deputado federal, faz discursos de apoio à ação da ditadura militar durante a década de 70, na Assembleia Legislativa de São Paulo. 

Classificação Indicativa: Livre