Esporte

“A motivação segue alta”, diz Fabiano Soares após eliminação da Copa do Brasil

Pietro Carpi/ECV

O comandante também lamentou as circunstâncias da partida

Publicado em 13/05/2022, às 17h00    Pietro Carpi/ECV    Galáticos Online

O Vitória perdeu para o Fortaleza por 1 a 0,  na noite desta quinta-feira, e deu adeus à Copa do Brasil 2022. Após a partida, técnico Fabiano Soares ressaltou que a motivação segue alta na equipe e que o acesso para a Série B é o principal objetivo. 

“Não podemos baixar a guarda. Nós íamos jogar um jogo que já começava com 3 a 0 a favor do adversário. Tentamos uma estratégia para conseguir ganhar. Tivemos chances de ganhar, não conseguimos. A pegada e a motivação seguem altas, porque, lá no final, isso acaba com a nossa subida. Uma obrigação para a gente”, avaliou o treinador.

O comandante também lamentou as circunstâncias da partida, uma vez que o Vitória teve diversos desfalques e quase ficou com um a menos em campo quando  o Eduardo sentiu cãibras e voltou para o jogo no sacrifício.

Leia mais:

Fechado! Barcelona anuncia venda em definitivo de Philippe Coutinho ao Aston Villa

Time de baiano de voleibol busca patrocinadores para participar de competição nacional

Conselho Deliberativo do Bahia cobra explicações sobre bloqueios do TRT-BA; entenda

“Tivemos muitas baixas. Acho que colocamos um time bastante competitivo. Enquanto tivemos perna, competimos bem, pressionamos, tivemos chances de gol. Infelizmente, não conseguimos. Depois, jogamos com 26 minutos com um jogador com câimbra, quase com um a menos, contra uma equipe que é muito forte, que joga de forma muito intensa, está jogando a Libertadores. Sofremos no final, mas, enquanto tivemos 11 contra 11, fizemos um bom jogo”, avaliou.

O treinador também explicou a escalação escolhida para iniciar a partida. 

“Precisávamos colocar jogadores com intensidade um pouco mais alta, porque não havíamos recuperado outros jogadores de segunda-feira. E outros que não podiam jogar hoje porque já tinham jogado em outros times. Tentamos colocar um time com intensidade alta, porque já sabíamos que íamos jogar contra o Fortaleza do Juan Pablo (Vojvoda), que também é intenso. Foi o que fiz. Pressionar lá em cima, com intensidade. Tivemos chances. Não conseguimos”.

Por fim, Sores lamentou os desfalques do time parando duelo desta noite. 

“Perdemos os dois laterais esquerdos. Então é lógico que vai voltar um deles para o time. Tem outros que não puderam jogar e possivelmente vão entrar. Mas o importante é que, jogue quem jogue, a gente tem que demonstrar intensidade, tem que criar chances de gol. Hoje demonstramos que jogamos contra um time muito bom, e quem jogou esteve bem. Acho que o importante é ter uma maneira de jogar, um modelo de jogo que todos saibam, que a gente crie chances de gol. Se hoje não entrou, que quarta-feira comece a entrar.

Agora, o Vitória volta às atenções para Série C e tem quase uma semana de preparação para o próximo confronto. Na quarta-feira, o Rubro-Negro recebe o Botafogo-PB no Barradão, às 20h30 (de Brasília), pela 6ª rodada da competição nacional

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre