Esporte

Bayern de Munique decide comprar clube do futebol sul-americano; saiba qual

Divulgação/Visionhaus
Bayern de Munique pode transformar time uruguaio em grande potência  |   Bnews - Divulgação Divulgação/Visionhaus

Publicado em 12/10/2023, às 14h15   Douglas Santana


FacebookTwitterWhatsApp

Com o avanço da Sociedade Anônima do Futebol no Brasil, os clubes sul-americanos também querem fazer parte dessa nova era empresarial no cenário do futebol mundial. Nessa semana, houve avanços nas negociações para compra de um time uruguaio.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

Trata-se do Racing Club, equipe de Montevidéu, que é diferente do Racing, clube argentino bastante famoso no futebol sul-americano. O investidor que pode transformar a vida da equipe uruguaia é o Bayern de Munique, da Alemanha.

De acordo com a ESPN, a equipe alemã também conversou com outros times, como o Montevideo Wanderers e o gigante argentino River Plate. Porém, somente o uruguaio Racing Club possui uma estrutura já pronta para sociedade anônima esportiva.

Washington Lisandro, presidente da parte associativa do Racing, explicou como anda as negociações, em entrevista ao programa 'Derechos Exclusivos', da Rádio Uruguai 1050 AM:

“É como uma entrevista de emprego. Primeiro, os dez candidatos eram os dez países da CONMEBOL, depois restou apenas um país e, no Uruguai, três equipes foram escolhidas em segunda instância após sondagens prévias. Depois passamos para uma sondagem com contato, e agora vem a última parte, o que não quer dizer que o assunto esteja finalizado, mas está mais próximo”, disse o gestor.

Ele confirmou que o Racing Club foi o clube escolhido pelo Bayern de Munique e apontou como esta parceria deve ser concretizada:

“Legalmente é uma compra de ações, portanto é uma mudança que pode ser feita em 24 horas. Obviamente a compra de ações geralmente não é feita integralmente. Por uma questão de know-how, todas as empresas que investem em um país deixam parte do pacote de ações para os locais, que neste caso seriam para os atuais proprietários da Sociedade Anônima Esportiva”, aponta.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp