Esporte

Clientes contrataram agência para assistir à final da Champions, mas não receberam ingressos; entenda

Reprodução / Arquivo pessoal
O baiano Filipe Alcântara saiu de Salvador para assistir à final da Champions League, mas não recebeu ingressos para a partida  |   Bnews - Divulgação Reprodução / Arquivo pessoal
Davi Lemos

por Davi Lemos

[email protected]

Publicado em 02/06/2024, às 18h21



Assistir à final da Champions League entre Borussia Dortmund e Real Madrid, em Londres, no sábado (1º), tornou-se um pesadelo para torcedores que deixaram o Brasil para acompanhar a partida. Os torcedores afirmam ter contratado a empresa Outsider Tours, do Rio de Janeiro, mas não receberam os ingressos. A agência afirma, entretanto, que prestou os serviços, tendo apenas problemas pontuais.

Um dos prejudicados foi o operador industrial Filipe Alcântara que, conforme reportagem do G1, saiu da Bahia para acompanhar a final e gastou aproximadamente R$ 24 mil, pagos via pix. "Destruíram o sonho de muita gente. Somos um grupo com mais de 30 anos que não receberam os ingressos, algumas famílias", disse o baiano ao G1.

"Disseram que a Uefa ia liberar 24 horas antes do jogo. Aí depois era 5 horas antes do jogo, toda hora uma desculpa. Faltando uma hora, um monte de gente com problemas. Algumas pessoas conseguiram entrar, mas a maioria não. Aí mandaram uma mensagem dizendo que não vai ter ingresso", contou o torcedor baiano.

À GloboNews, a Outsider informou que levou 150 torcedores para a final e que 15 deles receberam os ingressos em horário muito próximo ao início da partida. O problema teria ocorrido por conta de um problema em aplicativo da Uefa.

A agência informou ainda que está em negociação para ressarcir os torcedores que não receberam os ingressos para assistir ao jogo entre Borussia e Real.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp