Esporte

Condenado por estupro, técnico vive carreira em Portugal

Ricardo Bufolin/CBG
O técnico Fernando de Carvalho Lopes é um dos 20 mil habitantes de cidade portuguesa  |   Bnews - Divulgação Ricardo Bufolin/CBG

Publicado em 28/06/2024, às 10h50   Pedro Moraes



O ex-técnico de ginástica artística Fernando de Carvalho Lopes teve a carreira manchada após ser condenado por estupro de vulnerável contra quatro vítimas no Brasil. Desde então, ele vive na cidade de São João da Madeira, no norte de Portugal. Como recorre em liberdade da decisão de segunda instância que o condenou a 28 anos de reclusão, o ex-comandante reside no local há mais de um ano. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp. 

Em abril de 2018, Lopes teve o caso revelado pelo programa ‘Fantástico’. Dessa maneira, o processo corre em sigilo no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Conhecido no território europeu como “Sr. Carvalho”, ele não registrou oficialmente a saída do Brasil, de acordo com informações do portal ge. 

Além disso, o passaporte brasileiro do rapaz está vencido há seis anos. Com cidadania portuguesa, o alvo foi condenado em primeira instância a 109 anos em regime fechado por estupro de vulnerável. 

Depois de pedir exoneração do cargo de professor de educação física na Prefeitura de Diadema, em 13 de janeiro do ano passado, o ex-técnico resolveu mudar de vida. Corretor de imóveis, garçom em uma churrascaria e outras profissões fizeram parte da vida dele. 

Na atualidade, Lopes possui dois empregos fixos, em um é garçom de uma pizzaria e em outro, funcionário de uma fábrica de calhas. 


Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp