Esporte

Ocon lidera teste pós-temporada da F1; veja dados

Clive Mason / Fórmula 1
Piloto francês da Alpine marcou o melhor tempo nos testes em mais de cem voltas  |   Bnews - Divulgação Clive Mason / Fórmula 1
Tácio Caldas

por Tácio Caldas

[email protected]

Publicado em 28/11/2023, às 20h07 - Atualizado às 20h13


FacebookTwitterWhatsApp

A temporada da maior categoria do automobilismo mundial acabou, mas os carros ainda não 'descansaram'. Isso porque os pilotos já voltaram às pistas para a realização dos famosos testes de pós-temporada da Fórmula 1 (F1). O curioso é que quem liderou os testes não frequentou muito o topo da categoria em 2023.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

Este foi o caso do piloto francês Esteban Ocon que, em impressionantes 110 voltas, marcou o tempo de 1 minuto, 24 segundos e 393 miléssimos. Completaram o 'top-3' dois pilotos reservas e novatos na categoria: Pato O'Ward e Frederik Vesti. Pato correu com a McLaren, enquanto Vesti assumiu o volante de uma das Mercedes.

Acidente

O primeiro treino de pós-temporada também foi marcado por acidentes. A primeira delas foi com o inglês George Russell. O britânico acabou saindo da pista e parou a sua Mercedes na barreira de pneus da curva seis do circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Este acidente, inclusive, acabou por encerrar a participação de Russell após 58 voltas.

Brasileiros na pista

O teste também contou com a participação de pilotos brasileiros. Os reservas da Aston Martin, Felipe Drugovich, e da Haas, Pietro Fittipaldi, entraram nos monopostos e marcaram seus tempos. O campeão da F2 de 2022 ficou em 12° lugar no tempo geral ao marcar 1 minuto, 25 segundos e 554 miléssimos. Já Pietro ficou com o 19º lugar à apenas 386 miléssimos do seu compatriota.

Assista ao Arena BNews dessa segunda-feira (27):

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp