Geral

“Brasil tem o desafio de produzir energia descarbonizada”, afirma presidente do IBP

BNews
Presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo, Roberto Ardenghy, concedeu entrevista ao BNews para falar sobre o tema  |   Bnews - Divulgação BNews

Publicado em 03/07/2024, às 15h49   Verônica Macedo e Carolina Papa



O presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), Roberto Ardenghy, afirmou que o desafio no Brasil no setor é produzir “cada vez mais” energia descarbonizada. O dirigente concedeu entrevista ao BNews para falar sobre o tema na manhã desta quarta-feira (3).

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

“O consumo de petróleo no mundo tem aumentado. Você vê que antes da pandemia o mundo consumia 99 milhões de barris de petróleo. Hoje o mundo está consumindo 103, subindo para 106 em 2025. O mundo está demandando mais energia. Tanto energia renovável, quanto às energias tradicionais”, disse Ardenghy. 

A declaração do presidente da IBP ocorre após o relatório da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis revelar o aumento na produção de petróleo no Brasil em maio de 2024. 

“Então o nosso desafio no Brasil é você continuar sendo um grande ofertante de energia, mas com uma energia cada vez mais descarbonizada, cada vez mais com uma pegada ambiental importante. Se a gente conseguir fazer isso, o Brasil vai continuar e vai se tornar um grande provedor de energia, não só para o mercado interno, mas também para o mundo”, acrescenta. 

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp