Eleições

Entidades de magistrados divulgam nota em defesa ao sistema eleitoral: "Urna eletrônica é inviolável"

[Entidades de magistrados divulgam nota em defesa ao sistema eleitoral: "Urna eletrônica é inviolável"]
04 de Agosto de 2021 às 10:41 Por: Reprodução/Elza Fiúza/ABr Por: Redação BNews

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e entidades estaduais, entre elas a Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB), divulgaram uma nota pública contra o que classificam como "ataques aos magistrados brasileiros atuantes no sistema eleitoral, ao sistema eletrônico de votação e à legitimidade das Eleições de 2022".

O grupo descreveu o sistema eleitoral  do país como um dos mais “modernos, céleres e confiáveis”, e destacou que não houve comprovação de qualquer fraude ao longo dos 25 anos nos quais a urna eletrônica segue sendo utilizada. 

“Nesse período, inúmeros testes de segurança foram realizados – tanto por órgãos públicos, universidades e institutos de pesquisa, quanto por técnicos independentes – e a conclusão foi sempre a mesma: a urna eletrônica é inviolável", defende a nota pública.

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), bem como seus apoiadores, tem realizado constantes manifestações públicas sugerindo que a tecnologia não é segura. 

Na última quinta-feira (29), Bolsonaro realizou uma live nas redes sociais na qual apresentou boatos já desmentidos sobre o sistema eleitoral brasileiro, e admitiu que não pode comprovar as acusações que tem feito sobre a segurança e idoneidade das eleições.

"Não tem como se comprovar que as eleições não foram ou foram fraudadas", declarou na ocasião. Na mesma transmissão, o presidente também reeditou ataques ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e ao presidente do órgão, o ministro Luís Roberto Barroso.

A corte eleitoral, inclusive, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que Bolsonaro seja investigado no inquérito que apura a disseminação de boatos. No documento publicado pela AMB, e demais entidades, na última terça-feira (3), as também manifestam apoio às medidas adotadas pelas autoridades judiciárias.

Nota Relacionada

Barroso defende urna eletrônica em audiência na Câmara sobre voto impresso: "Os senhores foram eleitos por esse sistema"

Presidente do TSE diz que 11 partidos deliberaram contra voto impresso em reunião neste sábado

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar