Justiça

Como adiantado pelo BNews, TCE-BA aprova com ressalvas contas da AL-BA na gestão de Coronel

[Como adiantado pelo BNews, TCE-BA aprova com ressalvas contas da AL-BA na gestão de Coronel]
10 de Setembro de 2019 às 20:09 Por: Arquivo BNews Por: Redação BNews 0comentários

Conforme adiantado pelo BNews, o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) aprovou com ressalvas, nesta terça-feira (10), as contas da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) referentes ao exercício de 2017, quando o presidente era o então deputado estadual Angelo Coronel (PSD). 

Por conta de irregularidades apontadas pelos auditores e seguindo orientações do Ministério Público de Contas, foram recomendadas a emissão de recomendações e determinações, além da imposição de ressalvas. Ainda cabe recurso da decisão.

Dentre as anormalidades encontradas estão o aumento de 105,5% dos gastos com REDA (Regime Especial de Direito Administrativo) em relação ao exercício anterior; o acúmulo ilegal de cargos por servidores da AL-BA; a celebração de termo aditivo com percentual acima do limite estabelecido em lei; e transferências indevidas de recursos para a Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa (Assalba), através de subvenções sociais.

Uma das determinações é que a AL-BA envie cópias de todos os contratos de servidores temporários pelo REDA, celebrados no exercício 2015, ainda não remetidos ao TCE-BA, para que possa ser exercido o juízo de legalidade, para fins de registro, sobre os atos de admissão de pessoal. 

Também será necessário o encaminhamento dos documentos relativos aos controles de pontualidade, assiduidade e produtividade dos servidores da AL-BA, indicados no relatório de auditoria como possuidores de outro vínculo com entidades privadas. O objetivo é possibilitar o aprofundamento da análise sobre da licitude de tais acumulações pela área técnica do TCE-BA. 
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas