Meio Ambiente

Jacó defende diretora do Inema após Hilton chamá-la de "exterminadora do meio ambiente"

Divulgação

Psolista declarou que Telles é " alvo de ação do Ministério Público, trabalha a favor do racismo ambiental e da misoginia"

Publicado em 01/10/2021, às 19h50    Divulgação    Henrique Brinco

O deputado estadual Jacó (PT) saiu em defesa da diretora do Inema e secretária da SEMA, Márcia Telles, atacada nas redes sociais pelo também deputado Hilton Coelho (PSOL) como "exterminadora do meio ambiente". Em uma postagem nesta quinta-feira (30), o psolista declarou que Telles é "alvo de ação do Ministério Público, trabalha a favor do racismo ambiental e da misoginia".

Leia também:
Diretora do Inema vai assumir interinamente Secretaria do Meio Ambiente no governo Rui

"Em seu currículo está licença para mineração em territórios quilombolas, liberação de desmatamento em territórios de comunidades geraizeiras no cerrado, fazendo vítimas como a Comunidade do Arroz, em Formosa do Rio Preto, liberação de outorga para fazendas griladas na Bacia do Rio Corrente, gerando graves violações e conflitos, como o ocorrido em Correntina, em 2017, e por aí vai", postou Hilton.

Em nota, Jacó destacou a competência técnica da diretora-geral do órgão e quadro de confiança do governador Rui Costa.  "Respeito a opinião dos meus colegas, porém, mais de uma vez estive reunido com Márcia e pude constatar o seu nível de seriedade e serenidade para tratar de pautas ligadas ao meio ambiente. Trata-se de uma servidora dedicada e comprometida com o que faz. Merece respeito portanto. Hilton mirou no alvo errado", disse o petista.

Procurada pelo BNews, Márcia Telles não foi encontrada pela reportagem. Também contatada, a assessoria de imprensa do Inema declarou que enviaria uma nota sobre o caso até o final do expediente desta sexta (1), mas não o fez. O texto será atualizado caso algum posicionamento seja enviado.

Leia também:

Classificação Indicativa: Livre