Mundo

Em áudio, brasileiro preso na Tailândia diz: 'Cuida dos meus aí, não vou sair dessa'

Reprodução/Twitter

o Itamaraty informou que, por meio da embaixada de Bangkok, acompanha a situação

Publicado em 23/02/2022, às 17h52    Reprodução/Twitter    Redação BNews

O paranaense Jordi Vilsinski Beffa, 23 anos, de Apucarana, preso por tráfico de drogas com outros dois brasileiros, no aeroporto de Bangkok, na Tailândia, avisou que havia sido detido por meio de áudio enviado a amigos.

Em uma das mensagens, trocadas com amigos em áudio e texto, Beffa pediu que os amigos cuidassem da família dele, caso não consiga "voltar". "Qualquer coisa, cuida dos meus aí. Tá bom. Obrigado, irmão. Abraço. Não vou sair dessa", disse.

De acordo com o G1, o advogado Petrônio Cardoso, da família de Jordi, disse nesta quarta-feira (23) que os parentes não sabiam da viagem internacional. O rapaz saiu de casa no dia 11, dizendo que viajaria para Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Segundo as autoridades tailandesas, ele e os outros dois presos foram flagrados com 15,5 quilos de cocaína. A defesa da família do paranaense disse que ele não conhecia os outros dois presos.  A Tailândia é um dos países onde o tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte.

Além de Jordi, os outros dois brasileiros são: Mary Hellen Coelho Silva, de 21 anos, moradora de Pouso Alegre (MG) e um homem, de 27 anos, que não teve o nome e nem a cidade de origem divulgados. O Itamaraty informou que, por meio da embaixada de Bangkok, acompanha a situação e presta assistência aos brasileiros.

Em uma das conversas, o brasileiro pede que o amigo cuide da mãe dele e comenta não saber se vai conseguir voltar.

trafico

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre