Colunas / Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: Bicha Má

Reprodução | Pixabay

O que movimentou os bastidores da política baiana esta semana

Publicado em 10/03/2022, às 05h50 - Atualizado às 07h20    Reprodução | Pixabay    Redação BNews

Bicha Má

Um alto executivo da capital baiana vem sendo chamado pelos mais venenosos de Bicha Má. O moçoilo, tirado a garanhão e valentão, revelou seu lado cor de rosa em uma recente festa no balneário de Praia do Forte. Lá para a meia noite os seguranças estavam retirando os pinguços do espaço quando encontraram o rapaz atracado aos beijos com um dos atendentes do bar do evento. Logo o arerê estava formado. Ele disfarçou e saiu pelos arbustos da não tão recatada festinha. No dia seguinte, fez cara de paisagem sobre o assunto, voltou à fase machão e soltou o verbo na organização do evento. Bicha Má não perdoa!

Velozes e Furiosos

velozes

O filho de um tradicional parlamentar baiano protagonizou cenas do trailer de Hollywood, com Van Diesel, Velosos e Furiosos. O rapaz escapou de uma blitz nas imediações do Rio Vermelho sentido Horto Florestal, foi perseguido por uma viatura da Transalvador, mas conseguiu, como numa cena de ação, voar para dentro do seu prédio e descer com seu possante 4x4 para a garagem. A pobre coitada da viatura foi barrada na portaria e ainda teve seu pneu esbagaçado e monobloco dilacerado. As imagens da turma do Horto Florestal não deixam escapar nada. A coluna Na Sombra do Poder conferiu tudo.

Detalhe: o condomínio blindou o rapaz e não deu o acesso às câmeras aos agentes. Ele dormiu e acordou como se nada tivesse acontecido.

Em tempo: De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), fugir de blitz é uma infração gravíssima, que gera multa no valor de R$ 293,47, recolhimento da CNH, remoção do veículo e suspensão do direito de dirigir.

Prefeito catiguria

prefeito

Às margens do Rio Itapicuru, um prefeito “catiguria” do norte baiano passou a desfilar de caminhonetes Toyota. Até aí tudo bem, se os veículos não tivessem sido alugados por 12 meses com dinheiro público, mas que atendem a finalidades particulares. Uma das máquinas fica à disposição da filha do gestor que não se acanha em ostentar nas redes sociais com dancinhas e tudo mais. Dizem na cidade que o catiguria também emprenha as SUVs em operações questionáveis contra áreas privadas. Já falam até que o presidente da Rússia encontrou simpatizantes na Bahia. Mas quando tá retado mesmo, o que o gestor joga mesmo é lixo.

"Me ajude"

"Me ajude" foi o bordão que tomou conta dos discursos na cerimônia de posse da procuradora-geral de Justiça, Norma Cavalcanti. Em tom de brincadeira, autoridades, incluindo o governador Rui Costa (PT), utilizaram a expressão para remeter, em bom humor, à PGJ reconduzida ao cargo. Tida como autora do bordão, Norma aproveitou a onda e lançou um pedido para que o chefe do Executivo a "ajude", aumentando o orçamento do Ministério Público estadual.

Pizza

Soltos recentemente após serem presos em operações da Polícia Federal, Luiz Argolo e Ricardo Marchado marcaram presença em um ato com o governador Rui Costa esta semana. Alvo da Lava Jato, Argolo, por exemplo, já pensa em retomar sua vida pública.

Flagra em Brasília

A operação do PDT na Bahia está em alta rotação. O Fogo de Chão, em Brasília, ficou pequeno para o encontro da comitiva baiana, encabeçada por Léo Prates, com o presidente Carlos Lupi. Um fato curioso chamou atenção: entre os pedetistas estava Zé Ronaldo, ex-prefeito de Feira de Santana. Há quem diga que ele tá de olho para integrar o grupo. Flagrado pelo BNews, resumiu: “só um almoço de cortesia”. A foto do flagra pareceu mais do que isso.

Mula sem cabeça

Observação interessante ouvida pelo BNews entre os deputados em Brasilia: o novo apelido da chapa majoritária governista na Bahia é “chapa mula sem cabeça”.

Boca no trombone

No Salão Verde do Congresso Nacional, Pastor Sargento Isidório organizou uma “falsa coletiva”, aproveitando os microfones no púlpito, para fazer seu protesto contra o aumento do valor do gás de cozinha. “A Acelen na Bahia quer que o povo se lenhe”, bradou.

Perguntas sem resposta

Marcelo Nilo já está se aquecendo. Já disse aos mais próximos que “aceita ceder” a vaga do Senado na chapa de ACM Neto para João Leão. Com isso, ficaria com a vice. Mas e Felix? E Gualberto? E Zé Ronaldo?

Sobre pontes

O que pode sair primeiro a construção da ponte Salvador-Itaparica ou a ponte do relacionamento de João Roma com ACM Neto? A primeira ponte o padrinho é João Leão. A outra, o padrinho é Bruno Reis. Entendedores entenderão.

Cabalístico

cabalistico

A comissão do Meio Ambiente no Senado, presidida por Jaques Wagner, é no Plenário 13. O número agrada ao senador.

Novela que irrita

Não fale perto de Jaques Wagner sobre o slogan dos aliados netistas do Lula/Neto. Questionado por jornalistas sobre isso, foi incisivo: “não adianta. Isso não vai acontecer. Sabe quando vai acabar essa novela? Quando formarmos nossa chapa, Lula desembarcar na Bahia e dizer quem realmente está com ele. Pronto. Vamos ganhar a eleição de novo”.

Deu pra trás?

deu pra tas

Quem pode declinar da pré-candidatura é o coronel reserva da PM, Humberto Sturaro. Sonhando em ter Roma e Neto no mesmo palanque, ele vai ter que escolher entre os dois lados e já sinalizou que pode “tirar o pé do acelerador”.

Tic tac

A definição, segundo Sturaro, pode sair até segunda-feira (14).

Sinal?

sinal

Causou curiosidade no mundo político baiano o saldo do encontro entre o prefeito de Feira de Santana Colbert Martins (MDB) com o deputado Cláudio Cajado, do PP, em um restaurante de Brasília. Mais um sinal de que os grupos de ACM Neto e João Leão podem rumar juntos nessas eleições?

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre