Colunas / Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: Um mangue...

Reprodução

Os bastidores da politica baiana

Publicado em 07/07/2022, às 05h55    Reprodução    Editoria de política

Parafraseando o dito popular, uma situação inusitada em Itaparica vem sendo taxada de um verdadeiro "mangue". A NSP atravessou a Baía de Todos-os-Santos e foi olhar de perto a devastação de Mata Atlântica e Manguezal que alguns sabidinhos estão executando próximo a um "beach club" ali instalado. As cenas são estarrecedoras: máquinas arrancando e escavando uma área de preservação ambiental, destruindo a fauna e a flora local. Alguns ambientalistas em contato com o site já admitem fazer um protesto gigante na área, abraçando todo quadrante. Os órgãos responsáveis - Inema, Ibama, SPU e Ministério Público - já foram acionados para barrarem a "usura dessa gente".

Em pé de guerra

Uma guerra declarada vem sendo travada nos bastidores da eleição para deputado federal em 2022. Os filhos dos senadores Otto Alencar e Angelo Coronel só faltam sair às vias de fato em suas bases, acusando um ao outro de roubar lideranças e comprar apoios. Diego Coronel e Otto Filho já estão protagonizando a maior batalha eleitoral desse ano. Acusações de ambos os lados não param de surgir, assim como os xingamentos, retaliações e ameaças, que vêm recheando esse combate dos filhos dos caciques baianos, até outros tempos, compadres e muito amigos, desde os tempos da combalida Cesta do Povo. A NSP espera que os “mininos” se comportem e mantenham o nível até o final do pleito, afinal ainda faltam três meses e podem nem sobrar testemunhas para contar a história.

otto e diego

Sem noção
Só deu isso no 2 de Julho: cafonice e puxa saco. Afagos, beijos e muita bajulação... Cada um querendo se segurar nos poderosos! Coisa feia... homem barbado e bajulador! Teve até comida na boca e carregador de político na festa...

Um novo Lula 1
Lula foi de 0 a 100 com uma simples garrafa de água mineral. Em um dia, ele foi criticado por dar esporro num fotógrafo que iria tirar sua água. No outro, foi ovacionado por dar uma garrafa para Rui Costa. Olha, até dia 2 de outubro, tem muita água para rolar.

Um novo Lula 2
Aliás, o que se viu no evento do PT na Arena Fonte Nova foi um novo Lula produzido por marqueteiros. O petista, que sempre se destacou por falar de improviso, leu todo o discurso para evitar cometer alguma gafe. Esse deve ser o tom da campanha daqui para a frente.

A pressa de Bolsonaro
Marcada para às 10h da manhã, a concentração da motociata com o presidente Jair Bolsonaro na Barra nas comemorações ao 2 de Julho, começou devidamente sem atraso. No entanto, chamou a atenção a pressa que o presidente estava para que aquela reunião de apoiadores acabasse logo. Prova disso foi que ele acelerou para que o comboio chegasse logo ao destino final, onde ele discursou por simplesmente 1 minuto. 


Covidão da Independência
Sem máscara o tempo todo na saída do cortejo ao 2 de Julho na Lapinha, a deputada Dayane Pimentel distribuía simpatia, abraços e apertos de mão debaixo de um toldo abarrotado de gente, que fugia da muvuca para não serem espremidos. Mal sabiam eles que, dias depois, a deputada testaria positivo para a Covid-19, fazendo daquele cantinho que se protegia da muvuca uma bomba de possíveis contaminados do "covidão" da Independência da Bahia.


DAyane


The Geraldinho Show
O pré-candidato a vice-governador, Geraldo Junior (MDB) conseguiu holofotes durante o evento de Lula na Arena Fonte Nova, no 2 de Julho. Com um discurso acalorado, e até com fundo musical, o "líder" estourou o tempo destinado para cada convidado. Ao final do discurso de Lula, foi o último a deixar o palco.

O pupilo do líder
Por falar em Geraldinho, a equipe de marketing do filho do edil,  Matheus Ferreira, resolveu adotar só agora o nome "Matheus de Geraldo Júnior".

O cercadinho do 2 de Julho
A imprensa teve dificuldade para acessar os políticos no 2 de Julho desde ano. Um cercadinho minúsculo foi montado perto do hasteamento da bandeira e os políticos saíram em bloco, sendo meros papagaios de piratas dos gestores de cargos majoritários. É estarrecedor que os assessores não tenham percebido isso. Perdem os próprios políticos que organizaram a festa e apostavam no evento para ganhar holofotes faltando 3 meses para a eleição. 

imprensa

Denice arroz de festa
A Major Denice está agora em todos os eventos do PT, após mais de um ano "sumida". E no 2 de Julho não foi diferente. A candidata derrotada a prefeita de Salvador em 2020 mostrou que tem gingado e samba no pé. Um vídeo da NSP flagrou toda a face "quebradeira" da policial.

Coronel na espreita
Angelo Coronel não deu as caras no 2 de Julho e nem mesmo foi mencionado durante o comício de Lula na Arena Fonte Nova. O senador, ao que parece, só está esperando o resultado da eleição estadual para saber em qual grupo vai ficar.


Estilo Mandarino
Ricardo Mandarino, secretário de Segurança Pública da Bahia, chamou a atenção pelo visual "fashionista" no evento. De óculos escuros, camisa preta e tatuagem à mostra, o gestor estava pronto para ir para um show de rock.


mandarino

Alô, Justiça Eleitoral!
Se o TRE puxar os vídeos dos eventos de 2 de Julho, muita gente vai ter problema. O que teve de gente citando número de partido antes mesmo da homologação de chapa não está no gibi...


A gafe de Otto Alencar
O senador Otto Alencar cometeu um pequeno deslize em um vídeo que circulou no zap na última semana. “Também aqui com o senador que vai precisar muito do apoio de vocês para renovar o mandato e pegar do pé do Bolsonaro. Um abraço”, diz o pessedista em trecho do vídeo que viralizou. Será que ele prevê a reeleição do capitão?

Os puxa-sacos de Bruno Reis
Ser político tem dessas coisas. Ainda mais se você é prefeito da terceira maior capital do Brasil. Bruno Reis foi surpreendido durante um evento em Sussuarana nesta semana: um morador local lhe ofereceu um prato de bode no meio da coletiva. Disseram que Sósthenes Macedo, puxa-saco de primeira hora, até perguntou ao chefe se ele queria um sal e um azeite para acompanhar...

bruno


O show de horrores em Jacobina
O prefeito de Jacobina, Tiago Dias (PCdoB), está se destacando pelo show de bizarrices desde que assumiu a gestão. Na sua posse, por exemplo, ele foi vestido de vaqueiro e montado em um touro. Ele usa fantasias e maquiagens carregadas em público, como a de diabo, utilizada no dia que chamou o adversário de bactéria. Em outra ocasião, em julho do ano passado, na inauguração de uma unidade de saúde, ele foi ao evento fantasiado de médico. E em tom de deboche e chacota, teria se prontificado a realizar exame de próstata nos presentes.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre