Polícia

Policiais prendem "Monstro" de Ipirá

Imagem Policiais prendem "Monstro" de Ipirá

Manoel Batista é acusado de sequestrar e degolar menina de quatro anos

Publicado em 28/09/2011, às 07h49        Redação Bocão News


Policiais de Ipirá, localizado a 202 km de Salvador, prenderam o lavrador Manoel Batista Rosa, acusado de ter sequestrado e degolado uma menina de apenas quatro anos de idade. O crime aconteceu no povoado de Nova Brasília e chocou a população da cidade.

De acordo com o delegado Caryl Oliveira, titular de Ipirá, Manoel matou a criança utilizando um facão. Ela teve a cabeça praticamente arrancada e havia um corte do tórax até o ânus da vítima. Para o delegado, Manoel estuprou a criança antes de matá-la.
A equipe do Se Liga Bocão esteve em Ipirá e conversou com acusado que se mostrou frio e sem nenhum tipo de remorso. "Eu fiz isso porque era preciso fazer a purificação", disse Manoel, tido pela população como um monstro pela crueldade com que matou a criança. Ele contou ainda que "sentia as forças se esgotando", mas não explicou que forças seriam essas.
Os agentes de Ipirá apuraram que Manoel pretendia fugir do país, com destino a Portugal, pois tinha tentado conseguir um visto de viagem para a Europa, negado pelo consulado. Segundo o delegado Caryl Oliveira, não há como alegar insanidade mental do acusado, já que Manoel possui passaporte, adquiriu recentemente um carro modelo Fiat Strada, pelo e ainda mantém um estúdio de gravação no sítio onde aconteceu o crime.

Fonte: João Kalil

Classificação Indicativa: Livre