Polícia

'Momento agora é de apoiar a família e a tropa', diz coronel sobre morte de PM no Cabula

Leitor BNews

De acordo com as primeiras informações, o soldado da Polícia Militar, identificado como Curcino, foi baleado na cabeça ao abordar suspeitos de um assalto

Publicado em 19/04/2021, às 16h01    Leitor BNews    Redação BNews

O comandante do Comando do Policiamento Regional da Capital - Central (CPRC/Central), coronel Pithon, manifestou solidariedade à família do soldado da Polícia Militar morto durante uma abordagem no início da tarde desta segunda-feira (19).

De acordo com as primeiras informações, o policial, identificado como Curcino, lotado na 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), foi baleado na cabeça ao abordar suspeitos de um assalto, por volta das 12h05, na região do Cabula, em Salvador. 

O PM foi socorrido para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), mas não resistiu. Policiais fizeram uma vigília nos arredores da unidade hospitalar em solidariedade ao colega.

"Vamos continuar trabalhando, combatendo o crime, mas o momento agora é de apoiar a família e toda a tropa", disse o coronel, em entrevista à Record TV Itapoan.

O suposto autor do disparo foi baleado momentos depois em nova troca de tiros com policiais e morreu. Outro homem também teria participado do roubo a uma motocicleta.

O Departamento de Homicídos e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local do crime e já iniciou os trabalhos de apuração.

O corpo do policial foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O velório do militar deve acontecer nesta terça-feira (20).

Classificação Indicativa: Livre