Polícia

Sargento da PM tem casa cercada por membros de facção criminosa e é vítima de tentativa de execução no Curuzu

Leitor BNews

De acordo com informações obtidas pelo BNews, o policial só não morreu porque reagiu atirando nos criminosos

Publicado em 21/08/2021, às 12h54    Leitor BNews    Redação BNews

Um sargento da Polícia Militar teve a casa cercada, arrombada e fuzilada por pelo menos dez bandidos de uma facção criminosa, na madrugada deste sábado (21), no bairro Curuzu, em Salvador. Um traficante teria ordenado o ataque.

De acordo com informações obtidas pelo BNews, o policial só não morreu porque reagiu atirando nos criminosos. O caso aconteceu na Rua da Alegria. O sargento foi retirado temporariamente do local com a ajuda de equipes da 37ª CIPM e da Rondesp.

O traficante estaria revoltado porque a vítima não compactuava com as atividades ilícitas da facção. Antes do ataque, os criminosos chegaram a gravar vídeos exibindo armas.

Procurada pelo BNews, a PM informou que que guarnições foram acionadas, por volta das 3h deste sábado, para averiguar denúncia de disparos de arma de fogo no Curuzu. "No local, os policiais militares foram informados que homens armados chegaram na rua e dispararam contra a residência de um policial militar. Ninguém foi ferido na ação", acrescentou a corporação.

Leia também:

Criminosos ordenam ataques em diversos bairros de Salvador para tirar Polícia Militar de Valéria

Simões Filho: Grupo armado para promover ataque em Valéria entra em confronto com a Polícia Militar

Vídeo: Suspeitos do tráfico de drogas provocam terror em população durante troca de tiros no Jardim Santo Inácio

Vídeo: Suspeito de assalto a ônibus consegue fugir próximo à base da PM após demora de policiais, dizem vítimas

Sargento da PM é baleado ao tentar evitar que mãe fosse assaltada no bairro do Uruguai

Classificação Indicativa: 10 anos