Polícia

Criminosos invadem, roubam e estupram moradoras de condomínio de luxo em Busca Vida

Reprodução/placidosimoveis

Morador relatou que teve sua casa invadida por um grupo de hormens armados

Publicado em 08/11/2021, às 20h35    Reprodução/placidosimoveis    Maiara Lopes

Os condomínios de luxo no entorno da capital baiana tem, cada vez mais, se tornado alvo de crimes. Dessa vez, um morador do condomínio Busca Vida, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, relatou que teve sua casa invadida por um grupo de hormens armados, que, além de roubar diversos pertences e cometer atos de violência física, teriam praticado estupro contra duas jovens da família. "Estamos todos muito abalados e preocupados com o futuro de todas as famílias e condôminos", relatou o morador. 

Leia também:

• Simaria é criticada por fala sobre a morte de Marilia Mendonça no 'É De Casa'; veja vídeo
• Vídeo: Invasão em palco e PM atirando contra público marcam shows de MC Poze
• Maquiador de Marília Mendonça faz homenagem emocionante após escapar de acidente
• Advogado ameaça moradores de condomínio com pistola e dá voz de prisão durante briga 

Em nota, o condomínio minimizou as acusações e afirmou que a ocorrência registrada refere-se apenas ao roubo de alguns pertences materiais, e que, felizmente, nada de mais grave foi ocorreu. "De toda forma, nós, da Administração, nos solidarizamos com as vítimas e lembramos a todos os nossos condôminos a necessidade de ter sempre à vista os nossos canais de comunicação, a fim de garantir a tranquilidade e o bem-estar que todos almejamos. Mais que isso, reforçamos ainda mais os nossos rígidos protocolos de segurança e informamos que estamos conduzindo uma investigação rigorosa do fato", ressaltou o comunicado. 

Procurada pelo BNews, a empresa responsável pela segurança do condomínio pediu que a ligação fosse retornada em horário comercial. A reportagem também contatou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e a Polícia Civil, mas não obteve resposta até o fechamento dessa matéria.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre