Polícia

Traficantes são presos e um deles confessa homicídios

Ascom / Polícia Civil

No interrogatório, Evandro assumiu a autoria das duas mortes

Publicado em 20/03/2013, às 17h29    Ascom / Polícia Civil    Redação Bocão News (Twitter:@bocãonews)

O traficante Evandro Magalhães da Silva, o “Leo”, autor confesso dos assassinatos dos gêmeos apelidados de “Som” e “Júnior”, foi preso, na madrugada desta quarta-feira (20), juntamente com o comparsa Valdêmio de Lima da Silva, o “Turrinha” ou “Irmão”, nas proximidades da Estação Mussurunga, quando aguardavam um fornecedor de droga.  O encontro não aconteceu, e ao deixarem o local, eles foram abordados por policiais da 10ª Delegacia Territorial (DT/Pau da Lima), que também prenderam o traficante Edvaldo Alves dos Santos, o “Lord”, cuja residência, em Castelo Branco, era utilizada pelo grupo para armazenar drogas.

Os investigadores apreenderam no imóvel ocupado por “Lord”, 50 pedras de crack, 23 papelotes de cocaína, um revólver calibre 38, com seis munições, 30 munições de calibre 38 e 42 munições de calibre 380. Segundo apurou o delegado Carlos Habib, titular da 10ª DT, Edvaldo tem uma condenação, por roubo qualificado. Ele é irmão do foragido da Justiça Rafael Alves dos Santos, o “Pelezinho”, que trafica na localidade conhecida como Creche, e é acusado de homicídio. 

Vingança

No interrogatório, Evandro Magalhães assumiu a prática de dois homicídios, um deles ocorrido há um ano, em Castelo Branco, tendo como vítima um homem apelidado de “Som”. “Júnior”, irmão de “Som”, foi assassinado no último sábado (16), na localidade Moscou II. Segundo ele, os gêmeos foram responsáveis pela morte de seu irmão, Davi Magalhães da Silva, de 15 anos de idade. Autuados em flagrante, Evandro, Valdemio e Edvaldo Alves estão na carceragem da 10ª DT, à disposição da Justiça Criminal.

Divulgação: Ascom / Polícia Civil


Classificação Indicativa: Livre