Polícia

Com onda de violência, busca por segurança privada aumenta na capital baiana

Reprodução/ Vídeo

João Ricardo, especialista em segurança privada, conta com a tecnologia para apoiar a segurança pública

Publicado em 29/04/2022, às 23h18    Reprodução/ Vídeo    Letícia Rastelly

A violência no Brasil tem feito muitas pessoas, principalmente aquelas que possuem algum tipo de estabelecimento comercial, buscarem meios privados de obter segurança. É nessa falha que empresas atuam, usando de mão de obra e tecnologia para auxiliar na prevenção de crimes contra o patrimônio, a exemplo de furtos e roubos.

“É um mercado que cresce a cada ano, principalmente no quesito tecnologia”, explicou João Ricardo, especialista em segurança privada, da AVI Segurança, durante entrevista ao BNews Agora, na Piatã FM, nesta sexta-feira (29). Para o especialista, com a pandemia, crimes como arrombamento tiveram um crescimento, fazendo com que o busca por esse tipo de serviço aumentasse.

Leia também:

Questionado sobre como os sistemas de monitoramento podem auxiliar para além da investigação criminal, Ricardo afirma que uma boa combinação é a junção de alarmes e sensores, “que têm como objetivo, no caso de arrombamento, fazer um controle maior” e as câmeras de segurança que podem captar imagens do momento do crime.

O especialista ressalta, porém, que cada sistema de segurança deve ser pensado separadamente, pois deve-se levar em consideração a necessidade do estabelecimento, juntamente com o que o empresário está disposto a arcar para esse tipo de serviço.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre