Polícia

Jovem que matou namorada a facadas diz que tentou se defender: 'foi uma fatalidade'

Montagem BNews

Jovem utilizou uma faca para ferir a vítima no peito e na axila

Publicado em 21/01/2022, às 08h49    Montagem BNews    Nilson Marinho

O jovem responsável por matar a namorada de 16 anos a facadas, na noite de terça-feira (18), na cidade de Vereda, no Sul do estado, se apresentou à polícia nesta quinta (20). Ele estava foragido desde o dia do crime.

Gabriel Costa dos Santos, de 20 anos, chegou a uma delegacia de Teixeira de Freitas, na companhia do seu advogado, Joilson Nunes.

Em entrevista ao site Liberdade News, a defesa afirmou que a vítima era influenciada pela mãe e que, por diversas vezes, protagonizou cenas de ciúmes acompanhadas por agressões físicas. O autor do feminicídio preferiu ficar em silêncio.

“O Gabriel tinha um relacionamento com a Amanda que já durava dois anos, um relacionamento conturbado. Havia algumas brigas por razão de ciúmes e, segundo Gabriel, havia uma interferência por parte da genitora dela. Ela [mãe] trazia algumas informações de que ele a traía, o que ele diz não ser verdade", contou o advogado.

Leia também:

Crime

"Ele disse que Amanda muitas vezes o agredia, esses fatos eram bem notórios, mas as pessoas achavam até que era brincadeira. Nesse dia [do crime], houve uma fatalidade. A mãe da vítima chegou, fez um comentário e, logo em seguida, Amanda veio com um martelinho de amassar carne e uma faca de mesa. Ele conta que conseguiu desviar do martelo, mas que foi atingido pela faca de mesa. Naquela briga, ele pegou uma outra faca, que estava na mesa, e se defendeu. Ele diz que, depois disso, não sabe mais o que aconteceu”, completou Nunes.

O advogado disse ainda que o seu cliente está arrependido do crime. “Se ele pudesse voltar no tempo, jamais faria aquilo. Ele é trabalhador e de bom família, não foi algo premeditado, foi uma fatalidade”, acrescentou a defesa. Amanda Santarosa foi morta com três golpes desferidos na região do peito e um outro na axila. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre