Política

Bolsonaro diz que nova cirurgia pode ser feita em 20 de janeiro

Fernando Frazão/Agência Brasil

A operação do presidente eleito estava marcada inicialmente para o dia 12 de dezembro, mas foi adiada

Publicado em 25/11/2018, às 07h38    Fernando Frazão/Agência Brasil    Agência Brasil

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que tem uma nova avaliação médica marcada para o dia 19 de janeiro.

Segundo ele, se a infecção detectada no intestino estiver totalmente curada, a operação para retirada da bolsa de colostomia deve ser feita no dia seguinte (20 de janeiro).

“Caso contrário, se o grave caso de infecção permanecer ainda, o prazo será novamente adiado”, disse.

A operação do presidente eleito estava marcada inicialmente para o dia 12 de dezembro, mas foi adiada após uma série de exames feita ontem (23) por médicos do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A estimativa é que o período de recuperação dessa terceira cirurgia seja de 10 a 15 dias.Na ausência do presidente, o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB), poderá assumir o posto pela primeira vez. 

Classificação Indicativa: Livre