Política

Rui reconhece deficiência na articulação política ao comentar ida de Caetano para Serin 

[Rui reconhece deficiência na articulação política ao comentar ida de Caetano para Serin ]
24 de Maio de 2021 às 11:56 Por: Arquivo Por: João Brandão e Victor Pinto

Conhecido por possuir um perfil centralizador e ter um apego pela secretaria das Relações Institucionais, criada por Jaques Wagner (PT) após a eleição de 2006 para lhe acomodar, o governador Rui Costa (PT) reconheceu deficiência ao apontar que precisava reforçar as articulações políticas do seu governo. A fala do petista aconteceu durante coletiva com jornalistas na manhã desta segunda-feira (24) ao comentar a assunção do ex-prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, à pasta. 

“É um quadro político importantíssimo [Caetano] e eu estava precisando reforçar equipe de articulação política porque as tarefas são muitas e o governador como gosta também muito de gestão, gosta de ver os detalhes das obras, das coisas, como você estão vendo hoje eu visitar, e além de tudo isso fazer um esforço pessoal para também fazer articulação política. Tá precisando reforçar, ele atende o quadro, com certeza. Vai me ajudar muito nessa nessa articulação junto os deputados, os prefeitos, vereadores, enfim, nessa articulação política em um momento importante como esse”, disse. 

O momento importante referido pelo governador também versa pelo caminho não cometer erros que venha interferir no desenrolar da pretensa candidatura do senador Wagner ao governo da Bahia. A ida de Caetano ao posto é de articulação do ex-governador. 

 

Matéria relacionadas:

Artigo: O chabu de Rui e os pepinos de Caetano

Caetano se reúne na quarta-feira com líderes da Assembleia Legislativa 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar