Política

Otto Filho rebate Elmar Nascimento sobre Eletrobras e Rio São Francisco: "privatização nunca foi sinônimo de revitalização"

[Otto Filho rebate Elmar Nascimento sobre Eletrobras e Rio São Francisco: "privatização nunca foi sinônimo de revitalização"]
09 de Junho de 2021 às 21:58 Por: Reprodução/Twitter Por: Redação BNews

O deputado federal Otto Alencar Filho (PSD) rebateu o deputado Elmar Nascimento (DEM) na noite desta quarta-feira (9) com relação a Medida Provisória 1031/21, que viabiliza a desestatização da Eletrobras, já que, segundo ele, vai revitalizar o Rio São Francisco

Em entrevista ao BNews Agora, na Piatã FM, o deputado democrata criticou o voto contrário de Otto Alencar Filho (PSD), já que o pai, senador Otto Alencar, é ferrenho defensor do Rio São Francisco, e quase todos os deputados federais da legenda votaram a favor da medida. Também votou contra o deputado Mário Negromonte Jr. (PP) e Charles Fernandes (PSD).

"Em resposta ao deputado Elmar Nascimento, devo lembrar que privatização nunca foi sinônimo de revitalização. Posicionei-me contra a privatização da Eletrobrás, por esta ser uma empresa de setor estratégico para o Brasil, que registrou no consolidado do exercício de 2020 um lucro líquido de R$ 6,387 bilhões, sendo referência de gestão no setor público. Nada tem a ver com a legítima e provável candidatura do senador Otto Alencar a qualquer tipo de cargo eletivo majoritário em 2022", disse.

Otto Filho disse ainda que nunca foi contra a revitalização do Rio São Francisco. "Muito pelo contrário, e usar a privatização da Eletrobrás para justificar uma suposta revitalização do Rio São Francisco não é uma decisão adequada e nem lógica em minha opinião".
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar