Política

Ciro Nogueira e Lira se reúnem com Gilmar Mendes após discurso de Fux

Nelson Jr./SCO/STF

Publicado em 08/09/2021, às 18h11    Nelson Jr./SCO/STF    Redação BNews

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), e o presidente da Câmara Federal, Arthur Lira (PP-AL), se reuniram com o ministro Gilmar Mendes após o discurso do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux nesta quarta-feira (8).

De acordo com a revista Crusoé, o objetivo da reunião foi reverter o clima de conflito entre a Suprema Corte e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Durante discurso no 7 de Setembro, Bolsonaro chegou a dizer que não respeitaria decisões judiciais do ministro Alexandre de Moraes. No pronunciamento nesta quarta, Fux falou em crime de responsabilidade.

“O Supremo Tribunal Federal também não tolerará ameaças à autoridade de suas decisões. Se o desprezo às decisões judiciais ocorre por iniciativa do Chefe de qualquer dos Poderes, essa atitude, além de representar atentado à democracia, configura crime de responsabilidade, a ser analisado pelo Congresso Nacional”.

Fux ainda afirmou que o STF não será fechado. "Ninguém fechará esta Corte. Nós a manteremos de pé, com suor e perseverança. No exercício de seu papel, o Supremo Tribunal Federal não se cansará de pregar fidelidade à Constituição e, ao assim proceder, esta Corte reafirmará, ao longo de sua perene existência, o seu necessário compromisso com a democracia, com os direitos humanos e com o respeito aos poderes e às instituições deste país", avisou.

Matéria Relacionada

Em SP, Bolsonaro repete tom de discurso em Brasília e cita Alexandre de Moraes: "Deixa de ser canalha"

Classificação Indicativa: Livre