Política

Bolsonaro é cobrado após mandado de prisão contra Allan dos Santos

Arquivo

Presidente ainda não se manifestou sobre decisão de Alexandre de Moraes

Publicado em 21/10/2021, às 16h30    Arquivo    Henrique Brinco

O presidente Jair Bolsonaro está sendo cobrado nas redes sociais por um posicionamento diante  o mandado de prisão contra Allan dos Santos, um dos principais apoiadores do Palácio do Planalto. A extradição do blogueiro, que está nos Estados Unidos, foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, nesta quinta-feira (21).

Bolsonaro postou uma foto informando sobre a sanção da lei que proíbe que órgãos públicos pratiquem o sacrifício de cães e gatos de rua que estejam saudáveis. Nos comentários, contudo, o tema principal foi a decisão judicial contra o bolsonarista.

"Sobre a prisão do Allan dos Santos o senhor vai abandoná-lo tbm , ainda podemos contar com o senhor?", postou um internauta. "Sanciona pra nós alguma coisa que nos garanta liberdade, direito a nos expressar e etc. Belo acordo o do dia 7 presidente!", escreveu outro.

Allan dos Santos, que é o fundador do canal Terça Livre, responde a dois inquéritos: um sobre ataques aos ministros do STF e outro por promover atos contra a democracia. O Twitter também já havia suspendido a segunda conta do bolsonarista no último dia 9 de outubro. Segundo aviso da rede social em ambos os perfis, a retenção aconteceu “em resposta a uma demanda legal”. A primeira conta foi suspensa em 2020.

Leia também:

De acordo com a TV Globo, Moraes ordenou ainda que a Polícia Federal inclua o mandado de prisão na lista da Difusão Vermelha da Interpol, para garantir que Santos seja capturado e retorne ao Brasil. 

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre