Política

Tinoco reage contra Rui Costa após posição sobre Carnaval: "Essência autoritária"

BNews/Vagner Souza

Vereador diz que Carnaval será cancelado se decisão não for tomada até segunda

Publicado em 10/11/2021, às 15h29    BNews/Vagner Souza    Leo Sousa e Henrique Brinco

O vereador e presidente da Comissão Especial de Retomada dos Eventos de Salvador, Claudio Tinoco (DEM), rebateu as críticas do governador Rui Costa (PT) contra a pressão pela realização do Carnaval no ano que vem.  Nesta quarta-feira (10), o petista afirmou em evento que não vai aceitar “ultimato de ninguém”, e que não irá anunciar a realização da folia em novembro.

Leia também:

"O governador revela sua essência autoritária, nervosa. Ele que é ex-vereador de Salvador e trata Câmara Municipal como ninguém, assim como ele trata os aliados como traíras. Ele não é novidade para mim. É claro que o que nós queremos é que ele responda de maneira objetiva e não estar protelando uma decisão de um calendário que é fixo", declarou ao BNews, nesta segunda-feira (10). "Carnaval não pode ou não acontecer. Há 300 anos ele acontece", emendou.

O edil carlista afirmou que a cidade está preparada para receber o evento. "Nós temos uma cidade com imunização 80% da população com imunização em segunda dose e mais de 200 mil pessoas com dose de reforço", ressaltou.

Leia também:

"Precisamos de uma resposta objetiva. É claro que, quando ele agride a Câmara Municipal, ele está agredindo uma instituição que é muito importante do ponto de vista do Carnaval - inclusive, que instituiu na Lei Orgânica do Município a participação do Estado. Por isso ele precisa tomar uma decisão. Se ele não tomar até segunda-feira, para mim, como presidente da Comissão, é o cancelamento tácito do Carnaval", finalizou.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre