Política

Vivia disfarçado de juiz e agora vai se disfarçar de político, diz Ciro sobre Moro

Marcelo Camargo/Agencia Brasil

Presidenciável do PDT disse que possível candidatura do ex-juiz vai agravar sua crise de identidade

Publicado em 11/11/2021, às 11h28    Marcelo Camargo/Agencia Brasil    Painel Folha/Folhapress

Ciro Gomes, presidenciável do PDT, diz que a possível candidatura do ex-juiz federal e ex-ministro Sergio Moro à Presidência só vai "agravar sua crise de identidade".

"Ele vivia disfarçado de juiz e agora vai se disfarçar de político. Nenhuma das vestes lhe cabe", afirma o pedetista.

Moro anunciou nesta quarta-feira (10) sua filiação ao Podemos, e, em um discurso com tom de candidato à Presidência, defendeu o legado da Lava Jato e atacou Jair Bolsonaro, de quem teria sofrido boicote, além do ex-presidente Lula, a quem condenou e prendeu, o retirando da corrida presidencial de 2018.

"Chega de corrupção, chega de mensalão, chega de petrolão, chega de rachadinha, chega de orçamento secreto. Chega de querer levar vantagem em tudo e enganar o povo brasileiro", discursou Moro para um auditório com cerca de 700 pessoas.

Moro, que sempre repetiu que nunca entraria na política e cuja filiação serve para reavivar o lava-jatismo, dessa vez foi direto em assumir o figurino de político e candidato à Presidência.

"Esse não é um projeto pessoal de poder, mas sim um projeto de país. (...) Se, para tanto, for necessário assumir a liderança nesse projeto, meu nome sempre estará à disposição do povo brasileiro. Não fugirei dessa luta, embora saiba que será difícil."

Leia Também

Presidente do Podemos confirma filiação de Deltan Dallagnol ao partido

Bruno Reis diz que Prefeitura não perde dinheiro sem Carnaval: "Quem perde é a cidade"

Guarda Civil Municipal inicia ações de apoio a turistas em pontos turísticos de Salvador

Colegas e políticos lamentam morte da jornalista Cristiana Lôbo

Classificação Indicativa: Livre