Política

Alexandre Aleluia critica APLB em caso de professora intimada pela polícia

Câmara de Salvador

Publicado em 21/11/2021, às 06h00    Câmara de Salvador    Redação BNews

O vereador de Salvador Alexandre Aleluia (DEM) usou o Twitter neste sábado (20) para criticar o Sindicato dos Professores (APLB-Sindicato), já que o presidente, Rui Oliveira, diz que pretende ter um encontro com o secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, para tratar sobre o caso da professora que foi intimada a depor após denúncia de uma aluna. A educadora foi acusada de estar ensinando assuntos “de cunho esquerdista” e “ doutrinação feminista”.

Aleluia compartilhou a matéria publicada pelo BNews para afirmar que a situação era uma "palhaçada" e que o Sindicato acreditava que "a Polícia Civil é um DCE (Diretório Central dos Estudantes)".

Caso

A professora foi intimada a comparecer à Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente. O colégio emitiu uma nota de repúdio, em que afirma que a intimação “censura o exercício laboral, afronta a todo o corpo docente e gestão no sentido de interferir na autonomia da instituição em colocar em prática seu projeto de formação humana, crítica, livre, socialmente ativa e responsável”. 

A educadora ficou emocionalmente abalada com a notícia da intimação e precisou dar entrada em uma unidade de saúde. Na sexta-feira (19), alunos fizeram um protesto na unidade de ensino em defesa dela. 

Matérias relacionadas:

Classificação Indicativa: Livre