Política

ACM Neto está encarnando o espírito da truculência do avô, dispara Isidório

Imagem ACM Neto está encarnando o espírito da truculência do avô, dispara Isidório

Deputado cristão que barrar renovação de Marcelo Nilo na presidência da Alba

Publicado em 10/10/2014, às 11h29        Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)

Fortalecido pelos mais de 123 mil votos obtidos nas urnas, o deputado estadual reeleito Sargento Isidório (PSC) atribui a Jesus o surpreendente desempenho nas eleição proporcional. O parlamentar que se denomina “ex-gay, jura de pés juntos ter levado toda a campanha sem dinheiro, palanque, televisão, rádio e carro e tem aspirações ambiciosas para o futuro próximo. “Foi Jesus, o Nazareno”, comemora o socialista cristão.

Respaldado pelo “poder do Nazareno”, Isidório pretende desbancar Marcelo Nilo e se eleger presidente da Assembleia Legislativa da Bahia. O segundo objetivo é  ser prefeito de Salvador.

Para o plano de chefiar o Legislativo estadual, mesmo dizendo que não tem nada contra Marcelo Nilo, Isidório prega o discurso da rotatividade para convencer os pares da Casa.

“Eu quero que Marcelo Nilo descanse para não pegar uma estafa ou um aneurisma. Quando você fica no poder demais, vira câncer. O poder tem que ser passado e alternado. Não tenho nada contra ele [Marcelo Nilo]. É um direito que eu tenho [de lutar pela presidência] e me sinto preparado. Ele já foi quatro vezes e eu já votei nele, mas agora tem que oxigenar”, declarou Isidório. Se eu tivesse as mesmas condições financeiras de Marcelo Nilo, eu teria 250 mil votos”, provocou.

Ao falar sobre a meta de ser prefeito do Salvador, Isidório expôs todo o ressentimento que cultiva contra ACM Neto.

“Estou zangado porque ele está colocando em prática a prepotência, encarnando o vudu do avô dele. Todo mundo tem uma parte boa e uma parte ruim. ACM Neto está encarnando a truculência do avô. Eu quero, no futuro, me juntar com pessoas de bem e ser prefeito. Por que eu não posso ser?”, argumentou Sargento Isidório.

Durante a campanha, agentes da Transalvador guincharam o carro de campanha do deputado estadual Sargento Isidório, alendando que o automóvel estava estacional em local proibido.

"Força divina"

Quando Sargento Isidório atribui à “força divina” a expressiva votação, não está discursando exclusivamente baseado na fé. O trabalho social do deputado desenvolvido na Fundação Doutor Jesus, que trata gratuitamente dependentes químicos, é apontado por especialistas como o “mapa da mina” da campanha eleitoral do parlamentar.

Após os mais de 123 mil votos na eleição deste ano, a Fundação Doutor Jesus instigou a curiosidade de políticos e de pessoas públicas. A "fonte divina" de votos será visitada nesta sexta-feira (10) pelos deputados federais eleitos Valmir Assunção (PT) e João Leão (PP), além do vice-governador eleito João Leão (PP). No sábado, será a vez do apresentador da Rede Record, Raimundo Varela, conhecer a “força divina” de Sargento Isidório, o segundo deputado estadual mais votado da Assembleia Legislativa.

Nota originalmnete postada dia 9


Classificação Indicativa: Livre