Política

Adolfo Menezes confirma pedido de suplementação na AL-BA

João Brandão / BNews

Valor ainda não foi definido

Publicado em 06/12/2021, às 11h48    João Brandão / BNews    João Brandão e Victor Pinto

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Adolfo Menezes (PSD), confirmou que vai ter pedido de suplementação orçamentária ao governo da Bahia para fechar as contas do ano de 2021. Apesar da afirmação, não informou o valor que será pedido.

“A área técnica orçamentária ainda está fechando. Mesmo economizando tudo, a maior parte de sete meses com restaurante fechado, mesmo com diversos setores fechados, a ALBA continua pagando salário que é a principal despesa. Mesmo eu, como presidente, não tendo feito uma obra sequer, a única coisa que fizemos foi alguma manutenção, não comprei um carro, mas mesmo assim temos acordos judiciais feitos de outros presidentes que são milhões de reais”, disse aos jornalistas na manhã desta segunda-feira (6) em Ilheus.

“A tendência é de pedido. Só esse acordo judicial são R$ 40 milhões. Crescimento vegetativa, por exemplo. O recebimento de diárias por deputado em 2020 não teve, mas que esse ano teve. Quando junta tudo, com as verbas normais, é claro que vai precisar de algum dinheiro”, justificou.

Adolfo está ao lado de Jaques Wagner (PT) e Rui Costa (PT) na entrega do Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio, em Ilhéus. A unidade vai funcionar como referência para toda a região sul da Bahia, em cirurgia pediátrica e parto de alto risco. O petista assinará ordem de serviço para construção de 18 quilômetros da nova via de acesso entre Ilhéus e Itabuna.

Classificação Indicativa: Livre